William Bonner e Fatima Bernardes: Separação

•agosto, 29 2016 • Deixe um comentário
William Bonner e Fátima Bernardes

William Bonner e Fátima Bernardes

De acordo com o site Ego, os apresentadores William Bonner e Fátima Bernardes anunciaram em 29.08.2016, que estão se separando. Os jornalistas, que ficaram juntos por 26 anos epublicaram a mesma mensagem no Twitter na noite desta segunda como forma de comunicado sobre o fim do casamento:

“Em respeito aos amigos e fãs que conquistamos nos últimos 26 anos, decidimos comunicar que estamos nos separando. Continuamos amigos, admiradores do trabalho um do outro e pais orgulhosos de três jovens incríveis. É tudo o que temos a declarar sobre o assunto. Agradecemos a compreensão, o carinho e o respeito de sempre. Fátima e William”, escreveu o casal.

A nota foi encontrada aqui.

fdsaf

Gene Wilder (1933-2016)

•agosto, 29 2016 • Deixe um comentário
Gene em O Jovem Frankenstein

Gene em O Jovem Frankenstein

Faleceu em 29.08.2016 o ator Gene Wilder, que intepretou o inesquecível Willy Wonka da primeira versão de “A fantástica fábrica de chocolate” (1971):

Gene morreu aos 83 anos, disse sua família à agência de notícias Associated Press nesta segunda-feira (29). A causa da morte ainda não foi confirmada.

Jerome Silberman, nome real do ator, nasceu na cidade de Milwaukee, nos Estados Unidos. Ele foi duas vezes indicado ao Oscar por “Primavera Para Hitler” (1967) e “O Jovem Frankenstein” (1974).

Ele também recebeu duas indicações ao Globo de Ouro, pelos papéis em “O Expresso de Chicago” (1976) e “A Fantástica Fábrica de Chocolate” (1971), filme que rendeu a ele seu personagem mais marcante, o Willy Wonka.

Leia mais clicando aqui.

Ficha do ator no IMDB:
http://www.imdb.com/name/nm0000698/

Gene Wilder como Willy Wonka

Gene Wilder como Willy Wonka

CE: Cursos na Casa Amarela a partir de 29.08.2016

•agosto, 29 2016 • Deixe um comentário

De acordo com o site O Povo Online, a partir de 29.08.2016 estarão abertas as inscrições para cursos básicos da Casa Amarela Eusébio Oliveira, equipamento cultural da Universidade Federal do Ceará (UFC). Os cursos são de caráter teórico e técnico. As aulas serão realizadas entre os meses de setembro e novembro de 2016:

Para o curso de Fotografia Serão 96 vagas, com 60 horas-aula, que serão divididas em três turmas (manhã, tarde e noite), com duração média de nove semanas. Já para o curso de Cinema e Vídeo (90 horas-aula), será de 35 vagas ofertadas no período noturno, com duração média de 15 semanas. E as aulas para Cinema de Animação (60 horas-aula) também serão noturna para 20 alunos, com duração média de nove semanas.

Os interessados devem comparecer a partir de segunda-feria,29, às 8h, na secretaria da Casa Amarela Eusélio Oliveira (Av. da Universidade, 2591, Benfica) e apresentar documentos originais e cópias do RG e do CPF e uma fotografia 3×4.

Podem participar no curso de Cinema e Vídeo pessoas de todas as idades. Já para Fotografia a idade mínima é 16 anos e para Cinema de Animação de 12 anos.

Para verificar os programas dos cursos citados, basta acessar a págino da CAEO no Facebook. Para informações sobre a taxa da matrícula, basta ligar para o telefone da Casa Amarela: (85) 3366-7771.

RJ: Festival de cinema italiano até 31.08.2016

•agosto, 28 2016 • Deixe um comentário

De acordo com o site do jornal Extra, começou em 25.08.2016 no Rio e vai até o dia 31.08.2016 a “8 ½ Festa de Cinema Italiano”, nas salas do Espaço Itaú de Cinema, em Botafogo, na Zona Sul, e no Espaço Rio Design, na Barra da Tijuca, Zona Oeste:

A mostra é composta de sete das produções mais contemporâneas e ousadas do cinema italiano da atualidade. As sessões acontecem às 19h e às 21h30m.

Para o diretor do Instituto Italiano de Cultura do Rio, Andrea Baldi, a mostra é mais uma forma de difundir e apresentar a cultura italiana à Cidade Maravilhosa:

– O brasileiro já tem uma identificação forte com o cinema italiano. Agora, com essa mostra, temos a oportunidade de mostrar ao brasileiro e também ao carioca a produção contemporânea do cinema italiano. Dos filmes que serão apresentados, quase todos foram produzidos nos últimos dois anos e mostram a nova vitalidade do cinema italiano. Tenho certeza que todos irão gostar.

Além do Rio, em 2016 o evento também será realizado simultaneamente em São Paulo, Porto Alegre, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba e Florianópolis. A mostra, que ocorre há nove anos em Portugal, teve sua primeira edição no Brasil em 2014, mas somente em Porto Alegre. Os ingressos custam R$ 20, com meia-entrada por metade do valor.

A programação completa do “8 ½ Festival de Cinema Italiano” pode ser encontrada no site

www.festadocinemaitaliano.com.br

SP: Filmes brasileiros no programa CineB a partir de 27.08.2016

•agosto, 27 2016 • Deixe um comentário

De acordo com o Terra, o programa CineB, circuito itinerante e gratuito de exibição de filmes brasileiros em espaços comunitários e universidades em bairros de São Paulo e Osasco estará em 27.08.2016, às 19h, no Salão da Paróquia Santos Mártires, no Jd. Ângela, para a exibição do filme ‘Gonzaga – de Pai para Filho’. Mas há mais:

Nesse dia será também exibido o curta “30 Anos do MST”, que aborda o início do MST, a vida e morte da militante Roseli Nunes e a reforma agrária.

Em 29 de agosto, às 19h, estará no Anfiteatro da FIAM FAAM com o filme “Comer o Quê?”, com a presença da atriz Graziela Mantoanelli, para um debate após a exibição.

No dia 1º. de setembro, às 19h, mais uma exibição de “Comer o Quê?” no Centro Universitário Anhanguera de São Paulo, com a presença do diretor do filme, Leonardo Brant, para o debate.

Gonzaga – de Pai para Filho
Brasil, 120 min, 2012
Direção: Breno Silveira
Roteiro: Patrícia Andrade
Elenco: Land Vieira (Luiz Gonzaga), Júlio Andrade (Gonzaguinha), Adélio Lima (Luiz Gonzaga), Nanda Costa (Odaléia) e João Miguel (Miguelzinho)
Gênero: Drama/Filme Biográfico
Classificação etária: 12 anos

Salão da Paróquia Santos Mártires
Rua Luís Baldinato, 9 – Jardim Angela, São Paulo, SP (Metrô Ana Rosa)
27 de agosto de 2016, sábado, às 19h, entrada franca (com retirada de ingressos)
O filme é aberto a todos, respeitando-se a classificação e a capacidade do local.
Retirada de convites: na Secretaria da Igreja.
Telefone de contato: (11) 5831-9549.
Informações: producaocineb@brazucah.com.br

Outros filmes e locais em:
https://noticias.terra.com.br/dino/gratiscinema-cineb-exibe-
gonzaga-de-pai-para-filho-e-comer-o-que

Marília, SP: Mogli, O Menino Lobo, com entrada franca em 26.08.2016

•agosto, 26 2016 • Deixe um comentário

Mogli

De acordo com o portal G1, neste sexta-feira, 26.08.2016, será exibido mais um filme do projeto “Cinema no Bairro”, realizado em Marília (SP). Desta vez, será apresentado gratuitamente o filme “Mogli – O Menino Lobo”:

A atividade também vai contar com apresentações culturais de grupos musicais e de dança do bairro Nova Marília. Serão disponibilizados banheiros, cadeiras, água para consumo e policiamento, além da estrutura de tela de led e projetor.

“Mogli – O Menino Lobo”
19h30 de 26.08.2016
Local: salão de festas do Residencial São Bento, localizado no bairro Nova Marília, em Marília.
A entrada é gratuita e aberta ao público em geral.

Festival de Gramado 2016: Lista de filmes

•agosto, 26 2016 • Deixe um comentário

44ª Festival de Cinema de Gramado
De 26 de agosto a 03 de setembro de 2016
Palácio dos Festivais (Av. Borges de Medeiros, 2697, Gramado)
De R$ 30 (sessão) a R$ 100 (premiação)

Longas-metragens brasileiros:

– “Barata Ribeiro, 716” (RJ), de Domingos Oliveira
– “El Mate” (SP), de Bruno Kott
– “Elis” (SP), de Hugo Prata
– “O Roubo da Taça” (SP), de Caíto Ortiz
– “O Silêncio do Céu”, (SP), de Marco Dutra
– “Tamo Junto” (RJ), de Matheus Souza

Longas-metragens estrangeiros:

– “Guarani” (Paraguai/Argentina), de Luis Zorraquín
– “Campaña Antiargentina” (Argentina), de Ale Parysow
– “Carga Sellada” (Bolívia, México, Venezuela e França), de Julia Vargas
– “Espejuelos Oscuros” (Cuba), de Jessica Rodrigues
– “Esteros” (Argentina/Brasil), de Papu Curotto
– “Sin Norte” (Chile), de Fernando Lavanderos
– “Las Toninhas Van al Leste” (Uruguai/Argentina), de Gonzalo Delgado e Verónica Perrotta

Curtas-metragens brasileiros:

– “A Página” (SP), de Guilherme Andrade
– “Aqueles Anos em Dezembro” (SP), de Felipe Arrojo Poroger
– “Aqueles Cinco Segundos” (MG), de Felipe Saleme
– “Black Out” (PE), de Adalmir da Silva, Felipe Peres Calheiros, Francisco Mendes, Jocicleide Valdeci de Oliveira, Jocilene Valdeci de Oliveira, Martinho Mendes, Paulo Sano e Sérgio Santos
– “Deusa” (SP), de Bruna Callegari
– “Horas” (RS), de Boca Migotto
– “Ingrid” (MG), de Maick Hannder
– “Lembranças do Fim dos Tempos” (SP), de Rafael Câmara
– “Lúcida” (SP), de Fabio Rodrigo
– “Memória da Pedra” (BA), de Luciana Lemos
– “O Ex-Mágico” (PE), de Mauricio Nunes e Olimpio Costa
– “O Que Teria Acontecido ou Não Naquela Calma e Misteriosa Tarde de Domingo no Jardim Zoológico” (RJ), de Gugu Seppi e Allan Souza Lima
– “Rosinha” (DF), de Gui Campos
– “Super Oldboy” (SP), de Eliane Coster

Curtas-metragens gaúchos

– “A Rua das Casas Surdas” (Porto Alegre), de Flávio Costa e Gabriel da Fonseca Mayer
– “Another Empty Space” (Porto Alegre), de Davi de Oliveira Pinheiro
– “Às Margens” (Porto Alegre), de Boca Migotto
– “As Três” (São Leopoldo), de Elena Sassi
– “Bandidos Desalmados” (Porto Alegre), de Zaracla
– “Carol” (Porto Alegre), de Mirela Kruel
– “Dia dos Namorados” (Porto Alegre), de Roberto Burd
– “Escape” (Porto Alegre), Jonatas Rubert
– “Escotofobia” (Porto Alegre), de Rafael Saparelli
– “Horas” (Porto Alegre), de Boca Migotto
– “Inatingível” (Porto Alegre), de Rodolfo de Castilhos Franco
– “Interrogatório” (São Leopoldo), de Raul Fontoura
– “Lipe, Vovô e o Monstro” (Porto Alegre), de Felippe Steffens e Carlos Mateus
– “Mundo de Wander” (Porto Alegre), de Lisandro Santos
– “O Jardim dos Amores de Woody Allen” (Porto Alegre), de Gustavo Spolidoro
– “Objetos” (Porto Alegre), de Germano de Oliveira
– “Outono Celeste” (Pelotas), de Yuri Minfroy
– “Pobre Preto Puto” (Santa Cruz do Sul), de Diego Tafarel
– “Quando Pisei em Marte” (Pelotas), de Analu Favretto e Taís Percone
– “Sesmaria” (Pelotas), de Gabriela Richter Lamas
– “Venatio” (Canoas), de Ulisses da Motta
– “Vento” (Porto Alegre), de Betânia Furtado

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 748 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: