Festival de Gramado 2019: Transmissão dos prêmios pelo Canal Brasil

•agosto, 22 2019 • Deixe um comentário

No sábado, dia 24.08.2019, a partir das 20h45, o Canal Brasil transmite ao vivo, direto do Palácio dos Festivais, a cerimônia de premiação do 47º Festival de Cinema de Gramado, com apresentação de Simone Zuccolotto e comentários de Roger Lerina e Luiz Zanin:

A direção da transmissão ficará a cargo de Marlise Aude e a repórter Maria Clara Senra fará a cobertura do tapete vermelho. A cobertura também poderá ser assistida pela internet, no Canal Brasil Play – que estará com sinal aberto também para não-assinantes –, no Facebook e no Instagram do canal.

Realizado desde 1973, o evento reúne grandes nomes do cinema brasileiro, todos em busca do tão desejado Kikito. As obras serão julgadas nas categorias de melhor filme, diretor, ator, atriz, fotografia, roteiro, montagem, direção de arte, trilha musical, ator coadjuvante, atriz coadjuvante e desenho de som, além de poderem receber os prêmios dos júris oficial e popular, e o oferecido pela crítica. Nesta edição, os filmes que concorrem ao Kikito são: “Hebe – A estrela do Brasil”, de Maurício Farias; “O Homem Cordial”, de Iberê Carvalho; “Pacarrete”, de Allan Deberton; “Raia 4”, de Emiliano Cunha; “Veneza”, de Miguel Falabella; “Vou nadar até você”, de Klaus Mitteldorf; e “30 anos blues”, de Andradina Azevedo e Dida Andrade.

Cerimônia de premiação do 47º Festival de Cinema de Gramado
Sábado, dia 24 de agosto de 2019, às 20h45

Crise na Ancine: Produções nacionais de 2020 ameaçadas

•agosto, 22 2019 • Deixe um comentário

De acordo com matéria de Carlos Minuano no UOL, os lançamentos de filmes e séries nacionais previstos para 2020 ainda são uma incógnita, pois diversas produções estão paradas e seriamente comprometidas sem os recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) de 2019, linha de financiamento geralmente aberta nos primeiros meses do ano:

Em 2018, de janeiro a agosto, mais de R$ 250 milhões desse fundo já estavam destinados para produções por meio de quatro editais abertos. Os dois editais de produção do FSA que foram publicados este ano são para investimentos referentes a 2018. Nenhuma linha referente aos recursos de 2019 foi lançada ainda, e não há qualquer previsão para isso. O setor teme que, caso persista a crise na Ancine (Agência Nacional de Cinema), o ano possa terminar sem investimentos do fundo. “Se demorar, perderemos o ano”, alerta Leo Edde, presidente do Sicav (Sindicato da Indústria Audiovisual).

A questão é que mesmo sem a extinção da Ancine, que segundo o Ministério da Cidadania será mantida, e com um diálogo aberto entre representantes do setor e governo, a indefinição em torno do órgão permanece. A espera, que já dura meses, causou uma paralisação nos processos de liberação de recursos que ameaça não apenas novos projetos, mas também produções que já estavam em andamento.

Premiado com o longa documental Ex-Pajé no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2019 , realizado na semana passada pela primeira vez em São Paulo, o produtor e diretor Luiz Bolognesi conta que em sua produtora, a Buriti Filmes, três longas estão parados por causa da crise institucional da Ancine. São eles Viajantes do Bosque Encantado, de Alê Abreu ( indicado ao Oscar pela animação O Menino e o Mundo ); Pedro, de Laís Bodanzky, com Cauã Reymond; e Entre Deuses e Inimigos, do próprio Bolognesi.

Segundo ele, as produções já receberam a maior parte dos recursos, foram filmadas, mas aguardam aportes para finalização que já deveriam ter sido liberados. “Não é falta de recurso, o dinheiro está lá parado há cerca de dez meses, não se sabe por qual motivo”, reclamou o cineasta ao UOL. O impasse, segundo ele, gera ainda um efeito cascata, que atinge empresas e profissionais que prestam serviços e que não estão sendo contratados.

Leia mais clicando aqui.

[Resenhas] Era Uma Vez em… Hollywood

•agosto, 21 2019 • Deixe um comentário

Um novo Tarantino sempre é esperado com ansiedade. Ainda que para muitos este possa não parecer ser o melhor do diretor (e isso talvez só consigamos “digerir” de fato daqui a algum tempo), “Era Uma Vez em… Hollywood” é um aulão de cinema especialmente por conta de sua direção minuciosamente preciosa. Na verdade, Tarantino sempre falou sobre cinema em seus filmes, qualquer que fosse seu mote principal, mas desta vez isso é explícito até para o espectador mais desatento.

No fundo (no fundo no fundo no fundo), e mesmo que ela não seja a “real” protagonista, o longa é uma homenagem delicada e bem vinda a Sharon Tate — e daí a importância de você saber “alguma coisa” sobre ela antes de assistir, até porque Tarantino não escolheu “explicar” Tate. No fundo (no fundo no fundo no fundo), a estrela é ela. Mas “Era Uma Vez em… Hollywood” é um filme rico em pequenas referências ao cinema (eu disse “pequenas”?), à televisão e ao próprio Tarantino, mas não queira comparar este seu nono longa a qualquer um que ele já tenha feito (ou fará depois).

Este talvez seja seu elenco mais esplêndido — e por incrível que pareça, pois Tarantino tem justamente a escolha do elenco como uma de suas melhores qualidades. Leonardo DiCaprio é um ator simplesmente estonteante: ele é tudo e mais um pouco em cena. Que espetáculo: seu Rick Dalton é formidável, uma de suas melhores interpretações no cinema. E os coadjuvantes também brilham: “o que é” Margaret Qualley? Um “escândalo” sua Pussycat. Não me lembro de tê-la conhecido antes: muito prazer. E ainda surge uma Julia Butters que assombra como a atriz mirim que contracena em pé de igualdade com DiCaprio: a dupla protagoniza algumas das melhores cenas do filme, muito pelo fluido e transbordante talento de ambos.

[Leia a resenha completa do Cinema é Magia clicando aqui]

Maiores Públicos no Brasil até 18.08.2019

•agosto, 21 2019 • Deixe um comentário

Bilheteria acumuladada Brasil 2019

Quantos espectadores teve seu filme favorito entre os que foram exibidos em 2019 ? São somente as ordens de grandeza aproximadas (não tenho acesso gratuito aos sites que mostram os totais finais absolutos, infelizmente), de acordo com os posts sobre Público e Arrecadação aqui publicados (os colchetes indicam que o filme ainda está em exibição no grande circuito pelo país, com possibilidades de crescimento e subida na lista).

Mais informações sobre Público e Arrecadação:

clique aqui para ver os demais posts

……

A lista em ordem decrescente do acumulado:

Vingadores Ultimato

Acima de 19 milhões e 600 mil

– Vingadores: Ultimato

Acima de 14 milhões e 700 mil

– O Rei Leão [*]

O Rei Leão

Acima de 9 milhões

– Capitã Marvel

Acima de 8 milhões e 500 mil

– Aquaman [2018+2019]

Capitã Marvel

Acima de 7 milhões e 900 mil

– Toy Story 4 [*]

Acima de 6 milhões e 500 mil

— Homem-Aranha: Longe de Casa [*]

Aquaman

Acima de 5 milhões e 300 mil

– Minha Vida em Marte [2018+2019]

Acima de 4 milhões e 700 mil

– Aladdin

Toy Story 4

Acima de 4 milhões e 400 mil

– WiFi Ralph – Quebrando a Internet

Acima de 3 milhões e 900 mil

– Como Treinar o seu Dragão 3

Homem Aranha Longe de Casa

Acima de 3 milhões

– Bohemian Rhapsody [2018+2019]

Acima de 2 milhões e 900 mil

– Shazam!

Minha Vida em Marte

Acima de 2 milhões e 100 mil

– Velozes & Furiosos: Hobbs & Shaw [*]

Acima de 2 milhões

– Turma da Mônica – Laços [*]
– Homem-Aranha no Aranhaverso

Aladdin

Acima de 1 milhão e 800 mil

– Pets – A Vida Secreta dos Bichos 2 [*]
– Dumbo
– De Pernas pro Ar 3

Acima de 1 milhão e 700 mil

– Annabelle 3: De Volta para Casa
– Superação – O Milagre da Fé

Wifi Ralph

Acima de 1 milhão e 600 mil

– X-Men: Fênix Negra
– Bumblebee [2018+2019]

Acima de 1 milhão e 400 mil

– Nasce uma Estrela [2018+2019]

Como Treinar o seu Dragão 3

Acima de 1 milhão e 300 mil

– Vidro
– A Cinco Passos de Você
– Nada a Perder 2 [*]
– Detetives do Prédio Azul 2 – O Mistério Italiano [2018+2019]

Acima de 1 milhão e 200 mil

– Dragon Ball Super Broly

Bohemian Rhapsody

Acima de 1 milhão e 100 mil

– Pokémon: Detetive Pikachu

Acima de 1 milhão

– Alita: Anjo de Combate

[Veja filmes entre 100 mil e 1 milhão de espectadores clicando aqui]

Bilheteria Brasil – 18.08.2019

•agosto, 21 2019 • Deixe um comentário

Nada a Perder 2

Abaixo, a lista dos filmes mais vistos no final de semana de 15 a 18.08.2019, em número de espectadores:

1. Nada a Perder 2 = 1.311.039 espectadores (estreia)
2. O Rei Leão = 528.635
3. Era uma Vez em… Hollywood = 325.958 (estreia)
4. Velozes & Furiosos: Hobbs & Shaw = 270.836
5. Meu Amigo Enzo = 41.356
6. Histórias Assustadoras para Contar no Escuro = 36.805
7. Homem-Aranha: Longe de Casa = 22.580
8. Toy Story 4 = 16.758
9. Simonal = 11.964
10. Pets – A Vida Secreta dos Bichos 2 = 10.105
11. Turma da Mônica – Laços = 7.593
12. Rainhas do Crime = 4.506
13. Noite Mágica = 2.889 (estreia)
14. Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal = 2.375
15. Não Mexa com Ela = 2.239
16. Voando Alto = 2.050
17. A Última Loucura de Claire Darling = 1.653
18. Dor e Glória = 1.497
19. As Trapaceiras = 1.015
20. Retrato do Amor = 620

[Veja outras listas clicando aqui]

Filmes adultos: O difícil mundo das atrizes do cinema pornô

•agosto, 21 2019 • Deixe um comentário

Nos últimos dias, diversas matérias falando sobre atrizes e ex-atrizes do cinema pornô vieram a tona na mídia. Selecionamos algumas delas:

Jenni Lee

Jenni Lee (Stephanie Saddora) – Cineastas encontram ex-atriz pornô vivendo em túneis de Los Angeles [21.08.2019]

Uma equipe de cineastas holandeses que fazia um documentário sobre os sistemas de emergência construídos junto à rede de metrô de Los Angeles descobriu uma personagem inusitada para seu filme: uma ex atriz pornô. As informações são do tablóide The Sun.

Jenni Lee, cujo nome artístico é Stephanie Saddora, teve seu último filme lançado há um ano e meio. Agora, mora em uma espécie de acampamento nos túneis escuros que formam uma rede de proteção contra enchentes associada às linhas de metrô de uma das cidades mais glamurosas do mundo.

“Eu alcancei fama, talvez fama demais”, declarou Jenni à equipe de cineastas.

[Leia mais aqui]

Mia Khalifa – Ex-atriz pornô abre o jogo sobre o mundo dos filmes adultos [19.08.2019]

Decepção, é esse o sentimento que tem a ex-atriz pornô, Mia Khalifa. Em entrevista à coach Megan Abbott, a modelo falou sobre o retorno financeiro da época na qual trabalhava na indústria pornô.

De acordo com Khalifa, o pornô não deu muito dinheiro para ela, o faturamento ficou por volta de 12 mil dólares. Por conta disso ela já tem cerca de cinco anos que não atua mais na indústria.

“As pessoas acham que estou ganhando milhões com pornografia. Completamente falso. Eu ganhei um total de 12 mil dólares na indústria e nunca vi um centavo depois disso. A dificuldade de encontrar um trabalho normal depois de sair da pornografia foi assustadora. (…) Eram aproximadamente mil dólares (cerca de R$ 4 mil) por vídeo”, relatou a ex-atriz.

[Leia mais aqui]

Bella Thorne

Bella Thorne – Ex-atriz da Disney vira diretora de filme pornô [14.08.2019]

A ex-atriz da Disney Bella Thorne, de 21 anos, conhecida por seus papéis para o público infanto-juvenil, anunciou na terça-feira, 13, que está dirigindo um filme do site pornográfico PornHub.

A obra se chama Her & Him e mostra uma representação sexual do romance Romeu e Julieta, de William Shakespeare, “com dois amantes excêntricos que têm desejos sexuais desenfreados um pelo outro”, segundo a vice-presidente da marca, Corey Price.

Em trailer divulgado pela empresa de conteúdo adulto, Bella Thorne conta que a ideia inicial era criar um filme de terror de Natal, mas mudou os rumos e destaca que não tem tabus com o universo pornô. “Eu lamento se você acha que a pornografia é desconfortável, mas não faça com que outras pessoas se sintam desconfortáveis por estarem bem com ela”, disse aos críticos.

[Leia mais aqui]

Vanessa Danieli – Ex-atriz pornô faz revelações para Luciana Gimenez: ‘a internet não perdoa’ [24.07.2019]

Ex-atriz de filmes adultos, Vanessa Danieli é hoje youtuber geek e casada, mas afirma que ainda sofre preconceito pelas escolhas do seu passado. Em entrevista ao Super Pop, programa de Luciana Gimenez na RedeTV!, ela revela que foi na indústria pornô que ela viu a chance de ganhar dinheiro para pagar sua faculdade de administração.

Sem apoio da família e com as contas chegando, ela teve que abandonar os estudos para se dedicar ao novo trabalho. “Entrei por uma questão de necessidade mesmo. Minha mãe relutou por me ver naquilo e não poder ajudar. Não tinha com quem contar, estava sozinha. Sofro até hoje. Sempre sofri preconceito por isso. É uma baita hipocrisia, mas é a realidade”, lembra. “Me arrependo de ter entrado no pornô, mas foi necessidade”.

Agora aposentada do pornô e casada, Vanessa deu um novo rumo para a sua vida. Se formou em marketing, passou a trabalhar com publicidade, e lançou seu canal no YouTube para falar sobre o mundo geek.

[Leia mais aqui]

Festival de Cinema de Lima 2019: Bacurau premiado

•agosto, 20 2019 • Deixe um comentário

De acordo com o portal G1, “Bacurau”, filme dos brasileiros Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, levou na noite de 17.08.2019 o prêmio de melhor filme no 23º Festival de Cinema de Lima:

“Bacurau”, que também levou o prêmio de melhor direção, conta a história de um povo nativo do Brasil perseguido por um grupo de assassinos americanos.

A obra narra uma série de eventos estranhos que ocorrem na cidade, o que leva seus habitantes a se unirem para enfrentar qualquer ameaça.

Um “western” com componentes de realismo mágico e de ficção científica, “Bacurau” se destacou por sua encenação ambiciosa e enigmática, disseram os organizadores.

É estrelado pela atriz Sônia Braga e pelo alemão Udo Kier, que recebeu em maio o prêmio do júri no Festival de Cannes.

O prêmio de melhor atriz foi para a atriz mexicana Ilse Salas, do filme “Las niñas bien”, e o de melhor ator ficou com o peruano Rodrigo Palacios, por “La Bronca”.

Na categoria de melhor documentário, o ganhador foi o colombiano “La Paz”, de Tomás Pinzón Lucerna.

Leia mais clicando aqui.

 
%d blogueiros gostam disto: