West Side Story: Refilmagem de Spielberg ganha primeiro (e emocionante) trailer

•setembro, 16 2021 • Deixe um comentário

Espaço Itaú de Cinema: Três unidades foram fechadas em 16.09.2021

•setembro, 16 2021 • Deixe um comentário

Nem todo o lucro do Itaú nos últimos trimestres…

R$ 5,0 bilhões no terceiro trimestre de 2020, alta de 19,6% em relação aos três meses anteriores
R$ 6,4 bilhões no 1º trimestre de 2021
R$ 7,56 bilhões no segundo trimestre, alta de 120,8%

permitiu manter as unidades de Curitiba, Porto Alegre e Salvador do Espaço Itaú de Cinema… O comunicado oficial:

Queridos cinéfilos,

Em tempos de adaptação aos novos formatos de exibição e com o objetivo de ampliarmos e complementarmos o acesso a uma programação diversa de filmes para espectadores de todo o país, temos algumas mudanças para comunicar a vocês.

A partir de hoje, 16/09, nos despedimos das nossas unidades de Curitiba, Porto Alegre e Salvador.

Nas cidades de São Paulo (Augusta, Frei Caneca e Shopping Bourbon), Rio de Janeiro e Brasília, nossas unidades seguem em funcionamento defendendo e fortalecendo aquilo que mais acreditamos: a experiência única proporcionada pelas salas de cinema.

Sabemos que vai levar um tempo para nos acostumarmos a estas mudanças, mas seguiremos sempre juntos.

Com a chegada do Espaço Itaú também no streaming, em parceria com a plataforma Itaú Cultural Play, teremos a possibilidade de levar uma programação variada de filmes a cinéfilos de cidades onde jamais imaginamos chegar.

Ao longo dos próximos meses, intensificaremos nossa atuação no digital, com projetos que contam com a curadoria do Itaú Cinemas, a exemplo da #MostraUgoGiorgetti, que celebra os 20 anos de nossa unidade Frei Caneca e segue em cartaz na Itaú Cultural Play até outubro.

Nosso mais sincero agradecimento aos cinéfilos de Curitiba, Porto Alegre e Salvador, que sempre frequentaram nossas salas com assiduidade e dedicação, e nos ajudaram a fazer destes cinemas muito mais do que espaços de lazer, mas também de encontros, debates e aprendizado.

Sentiremos saudades, mas ainda levaremos muito de nós até vocês. 🧡

Com carinho,
Equipe Itaú Cinemas

Nightmare Alley: Cartaz do novo filme de Guillermo del Toro

•setembro, 16 2021 • Deixe um comentário

Marisa Urban (1938-2021)

•setembro, 15 2021 • Deixe um comentário

Marisa Urban

Morreu no dia 18 de agosto de 2021 a atriz, jurada, cantora e apresentadora Marisa Urban, aos 82 anos de idade, como conta o site Memórias Cinematográficas:

Sua morte foi divulgada nas redes sociais de seu filho Erik Urban, mas a causa da morte não foi comunicada. Marisa Urban brilhou nas décadas de 1960 a 1990 com seus filmes e participações em programas de televisão, em especial como jurada no programa Flávio Cavalcanti, na TV Tupi.

Leia mais clicando aqui.

Sua estreia ocorreu no filme “Garota de Ipanema” de 1967. Entre seus filmes, destacam-se “O Engano” (1968), “Adultério à Brasileira” (1969), “O Donzelo” (1970), e “Parafernália, o Dia da Caça”, no papel de Márcia.

Comprovante de Vacinação: Regras da rede Kinoplex

•setembro, 15 2021 • Deixe um comentário

Bilheteria Brasil – 12.09.2021

•setembro, 14 2021 • Deixe um comentário

Na primeira lista, os números (em reais) das bilheterias do cinema no Brasil no final de semana de 09 a 12.09.2021:

Na lista abaixo, a bilheteria brasileira de 2021 acumulada (em milhares de reais) até 12.09.2021:

Fonte:
http://www.filmeb.com.br/

Guida Vianna: Oficina de Teatro para Idosos

•setembro, 13 2021 • Deixe um comentário

VMA 2021: Tapete vermelho

•setembro, 12 2021 • Deixe um comentário

Luiz Araújo: Falecimento

•setembro, 12 2021 • Deixe um comentário

Luiz Araújo

De acordo com o site do jornal O Dia, o ator e cantor Luiz Araújo, da novela do SBT “Carinha de Anjo”, foi encontrado morto em 11.09.2021:

Conhecido por seu trabalho como estrela de musicais como ‘Tieta do Agreste’, ‘Garota Glamour’ e ‘O Primo Basílio’, Luiz Araújo foi encontrado sem sinais vitais na noite deste sábado (11), por volta das 21h, em seu apartamento, localizado perto da Praça da República, em São Paulo. Ainda não há informações sobre velório e sepultamento. A polícia segue investigando o caso.

A notícia, no entanto, causou comoção no meio. Luana Piovani, Marcelo Serrado, Laila Garin e Camilla Camargo foram alguns dos famosos que deixaram recados na última foto postada por ele no Instagram.

Leia mais clicando aqui.

A Roda do Tempo: Trailer na rede

•setembro, 11 2021 • Deixe um comentário

Plágios: Na música, na literatura e no cinema

•setembro, 11 2021 • Deixe um comentário

A atual polêmica sobre o suposti plágio em cima da música “Mulheres”, imortalizada por Martinho da Vila, gerou um fio bastante interessante de João Cezar de Castro Rocha (@joaocezar1965) no Twitter:

1. O plágio óbvio da música tornada célebre na voz de Martinho da Vila (a obra é de Toninho Geraes) é mais um capítulo de uma longa história, revelando as hierarquias do mundo cultural: como se criações de países “não centrais” não tivessem assinatura!

Adele é processada por plágio de ‘Mulheres’, sucesso na voz de Martinho da Vila

2. Recordemos o caso do plágio que Yann Martel fez do romance de Moacyr Scliar, “Max e os felinos”. Martel chamou seu romance “As aventuras de Pi”, levado ao cinema com grande êxito. Scliar desistiu do processo porque Martel reconheceu a “influência”.

Livro que deu origem a ‘Aventuras de Pi’ foi acusado de plagiar brasileiro

3. Mas deveria ter processado: o problema é antigo! Veja o caso do romance de Carolina Nabuco, “A sucessora”(1934) cuja trama reaparece quase toda em “Rebecca” (1938), da escritora britânica Daphne du Maurier. Em 1940, o escândalo tornou-se internacional.

Foi plágio ou não foi plágio, mr. Hitchcock?

4. Nesse ano Alfred Hitchcock levou o romance às telas, com enorme sucesso, ganhando o Oscar em 1941. O New York Times publicou uma longa matéria assinalando as “incríveis coincidências” entre os dois romances. O estúdio ofereceu dinheiro à brasileira para que ela afirmasse que se tratava “somente” de “uma grande coincidência”. Carolina Nabuco recusou a oferta. E decidiu não processar Daphne du Maurier. Talvez devesse: nem tanto por ela quanto pela valorização da literatura brasileira.

‘Rebecca’: filme vem de obra acusada de plagiar o brasileiro ‘A sucessora’

6. Poderia dar muitos exemplos! Esses plágios mostram que, no plano da cultura, as hierarquias se mantêm e a assinatura de artistas de países “não centrais” não é vista como tendo valor! Absurdo, mas é assim que ocorre. Por isso, processar plagiadores é um gesto político de peso.

(João Cezar de Castro Rocha – postagem original: clique aqui)

Festival de Veneza 2021: Vencedores

•setembro, 11 2021 • Deixe um comentário

Penélope Cruz foi eleita a Melhor Atriz por “Madres Paralelas”, e Jane Campion levou o prêmio de Melhor Direção. Principais vencedores:

LEÃO DE OURO DE MELHOR FILME:
– “Happening”, de Audrey Diwan

LEÃO DE PRATA – GRANDE PRÊMIO DO JÚRI:
– “The Hand of God”, de Paolo Sorrentino

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI:
– “Il Buco”, de Michelangelo Frammartino

LEÃO DE PRATA DE MELHOR DIREÇÃO:
– Jane Campion, por “The Power of the Dog”

COPPA VOLPI DE MELHOR ATRIZ:
– Penélope Cruz, por “Madres Paralelas”

COPPA VOLPI DE MELHOR ATOR:
– John Arcilla, por “On the Job: The Missing 8”

PRÊMIO MARCELLO MASTROIANNI DE MELHOR ATOR JOVEM:
– Filippo Scotti, por “The Hand of God”

PRÊMIO DE MELHOR ROTEIRO:
– Maggie Gyllenhaal, por “The Lost Daughter”

PRÊMIO LUIGI DI LAURENTIIS DE FILME DE ESTREIA:
– “Imaculat”, de Monica Stan e George Chiper-Lillemark

Leia também:
Diretor baiano Aly Muritiba é premiado em Veneza com ‘Deserto Particular’

No Twitter:

C’mon C’mon: Trailer na rede

•setembro, 11 2021 • Deixe um comentário

Ainda sem previsão de estreia no Brasil.

Belfast: Trailer na rede

•setembro, 10 2021 • Deixe um comentário

Previsão de estreia: 12.11.2021.

Sérgio Mamberti: Homenagem em 10.09.2021

•setembro, 10 2021 • Deixe um comentário

Charles Aznavour, Um Romance Inventado: O teatro retornando aos palcos do Rio

•setembro, 10 2021 • Deixe um comentário

A estreia é nesta sexta, 10.09.2021:

‘Charles Aznavour – Um Romance Inventado’ acompanha a história de Isabel, uma conceituada atriz de teatro, que, entediada com a própria vida, mantém-se reclusa por vontade própria, e Heitor, um jornalista tímido que, às vésperas de perder a mãe, consegue uma entrevista com a estrela. Ambos descobrem que suas vidas se entrelaçam em torno da trajetória de Charles Aznavour e suas canções.

Idealizado pela atriz Sylvia Bandeira, ‘Charles Aznavour – Um Romance Inventado’ é um musical romântico escrito pelo dramaturgo paraense Saulo Sisnando, que criou um texto com humor e leveza sobre o universo da saudade, das paixões e da passagem do tempo, a partir das músicas mais icônicas do artista francês. Sylvia divide o palco com o ‘formidable’ Mauricio Baduh’, ambos conduzidos pela direção de Daniel Dias da Silva e Liliane Secco, na direção musical e piano, e cenário e figurinos de Gisele Batalha.

Idealização: Sylvia Bandeira
Texto: Saulo Sisnando
Elenco: Sylvia Bandeira e Mauricio Baduh
Direção: Daniel Dias da Silva
Direção Musical e Arranjos: Liliane Secco
Músicos: Liliane Secco e Ulisses Nogueira
Iluminação: Felício Mafra
Cenário e Figurinos: Gisele Batalha
Assistente de Cenário e Figurinos: Victor Aragão
Direção de Movimento: Marluce Medeiros

Matrix Resurrections: Primeiro trailer oficial legendado na rede

•setembro, 09 2021 • Deixe um comentário

O novo filme reúne os astros originais Keanu Reeves e Carrie-Anne Moss nos papéis icônicos de Neo e Trinity. A estreia nos cinemas está prevista para 16 de dezembro de 2021.

[Cinemas Antigos] Cine Rio (Tijuca, RJ)

•setembro, 09 2021 • Deixe um comentário

O Cine Rio ficava na Rua Conde de Bonfim, 302. Funcionou entre 1965 e 1978. Atualmente é um Caixa Econômica.

Veja também:
[Cinemas Antigos] Salas de cinema da Tijuca, RJ

Mais cinemas antigos: clique aqui.

Tiago Leifert: Uma despedida após 15 anos, na Globo somente até dezembro de 2021

•setembro, 09 2021 • Deixe um comentário

Tiago Leifert

De acordo com o GShow, depois de 15 anos na Globo, o apresentador Tiago Leifert preferiu não renovar seu contrato com a empresa:

Ele apresentará a décima temporada do ‘The Voice Brasil’ na TV Globo até o dia 23 de dezembro e os novos apresentadores de 2022 do ‘Big Brother Brasil’ e do ‘The Voice Brasil’ ainda serão definidos.

Em comunicado, Tiago amadureceu a vontade de parar e deixar as portas abertas para futuras parcerias.

“A ideia de parar surgiu no meio do ano passado e venho conversando com calma com a Globo desde então, esperando o momento ideal. E é agora! A sensação é a de sair da casa dos pais para encarar o mundo. Eu tenho um caso de amor com a Globo. E por isso saio com a absoluta certeza de que posso me dar esse tempo e de que vou continuar sendo bem-vindo aqui a qualquer momento. Meu muito obrigado a todos que estiveram comigo. E em especial ao público, que sempre me acolheu”.

Leia mais clicando aqui.

Michael Constantine (1927-2021)

•setembro, 09 2021 • Deixe um comentário

Michael Constantine

De acordo com o site Memórias Cinematográficas, o ator Michael Constantine, que interpretou Gus Portokalos, o pai de Nia Vardalos em “Casamento Grego” (“My Big Fat Greek Wedding”, de 2002), morreu no dia 31 de agosto de 2021, aos 94 anos de idade:

Sua morte, por causas naturais, foi anunciada pelo seu agente apenas no dia 08 de setembro.

Casamento Grego faturou 241 milhões de dólares em 2002, e é considerada a comédia romântica com maior rendimento de bilheteria na história do cinema.

(…) No cinema, seu primeiro trabalho foi no filme A Última Caminhada (The Last Mile, 1959), estrelado por Mickey Rooney. Ele retornaria ao cinema apenas 2 anos depois, quando atuou em Desafio à Corrupção (The Hustler, 1961), ao lado de Paul Newman.

Leia mais clicando aqui.

Michael Constantine e Nia Vardalos

Bilheteria Brasil – 05.09.2021

•setembro, 09 2021 • Deixe um comentário

Na primeira lista, os números (em reais) das bilheterias do cinema no Brasil no final de semana de 02 a 05.09.2021:

Na lista abaixo, a bilheteria brasileira de 2021 acumulada (em milhares de reais) até 05.09.2021:

Fonte:
http://www.filmeb.com.br/

Não Olhe Para Cima: Trailer oficial legendado

•setembro, 08 2021 • Deixe um comentário

Nino Castelnuovo (1936-2021)

•setembro, 07 2021 • Deixe um comentário

Nino Castelnuovo

De acordo com o site da IstoÉ, morreu em 06.09.2021, aos 84 anos, o ator italiano Nino Castelnuovo, segundo informou a família do artista:

Em nota assinada pela esposa Maria Cristina, pelo filho Lorenzo e pela irmã Marinella, os familiares informaram apenas que ele sofria de uma doença “há anos”, sem especificar o motivo.

“A família se fecha na dor da perda do querido Nino e pede a compreensão e privacidade nesse momento difícil”, acrescentam os familiares, informando que o funeral será realizado em Roma, em uma cerimônia privada.

Francesco Castelnuovo, nome de nascimento do artista, iniciou no cinema no fim da década de 1950 com o longa “Aquele Caso Maldito”, do diretor Pietro Germi. Desde então, ele fez uma série de papéis secundários em filmes e também na televisão italiana.

Em 1967, porém, ele se tornou um dos atores mais queridos do país ao interpretar o personagem Renzo Tramaglino, no programa “I promessi sposi”, da RAI. Entre os filmes mais recentes, Castelnuovo atuou em “O Paciente Inglês” (1996) e em “The Legacy Run” (2016). (ANSA).

A notícia foi encontrada aqui.

Michael K. Williams (1966-2021)

•setembro, 06 2021 • Deixe um comentário

Michael K. Williams

De acordo com o site Splash, o ator Michael K. Williams, mais conhecido por interpretar o personagem Omar Little na série “The Wire”, foi encontrado morto em seu apartamento em Brooklyn, Nova York, aos 54 anos:

A informação foi divulgada pelo THR em contato com um representante do artista. “É com imensa tristeza que a família faz o anúncio. Eles pedem sua privacidade enquanto sofrem esta perda intransponível”, afirmou ao site.

O New York Post relatou que o sobrinho de Michael foi quem encontrou o corpo no apartamento. O jornal também informou que a polícia local confirmou ter encontrado drogas no local, o que faz a investigação considerar a hipótese de overdose.

Leia mais clicando aqui.

Jean-Paul Belmondo (1933-2021)

•setembro, 06 2021 • Deixe um comentário

Jean-Paul Belmondo

De acordo com o blog do jornal Publico, de Portugal, Jean-Paul Belmondo, lendário ator do cinema francês, morreu aos 88 anos:

A morte foi anunciada em 06.09.2021 pelo seu advogado. O actor foi protagonista de filmes como O Acossado, de Jean-Luc Godard, e uma das grandes estrelas do cinema europeu das décadas de 1960 e 70.

Leia mais clicando aqui.

Belmondo foi vencedor de dois prêmios BAFTAs de “Best Foreign Actor”: em 1967, por “O Demônio das Onze Horas” (1965), e em 1965, por “Léon Morin – O Padre”, de 1961. Ganhou também uma “Honorary Golden Palm” em Cannes em 2011, e um “Career Golden Lion” em Cannes em 2016.

Ficha do ator no IMDB:
https://www.imdb.com/name/nm0000901/

No Libération:

No The Guardian:
Jean-Paul Belmondo, star of Breathless, dies aged 88

Um trecho:

Belmondo – nicknamed Bébel by French audiences – became one of the country’s biggest box-office stars in the 60s and 70s, his battered-looking face a contrast to the chiselled features of his rival and sometime-collaborator Alain Delon. Like Delon, Belmondo was a key figure of the outstanding generation of European film-making of the period, with the series of films he made with Godard – which included A Woman Is a Woman and Pierrot le Fou – making an indelible mark.

NA AFP:

No Wikipedia:

Era filho do escultor parisiense Paul Belmondo (1898-1982) e da dançarina Madeleine Belmondo, e pai do ex-piloto de Fórmula 1 Paul Belmondo. Na juventude, não foi muito bem nos estudos, mas desenvolveu uma grande paixão pelo boxe e pelo futebol.

Jean-Paul Belmondo

Sua primeira grande performance foi em À bout de souffle, de Jean-Luc Godard em (1960), que o tornou um dos grandes atores da Nouvelle Vague. Em 1964, esteve no Brasil para filmar L’Homme de Rio, em cenas coloridas, no qual aparece a recém-fundada Brasília.

Em 2001, foi internado por duas semanas, devido a um acidente vascular cerebral, mas se recuperou.

Belmondo morreu em 6 de setembro de 2021, aos 88 anos de idade.

Um texto de Geraldo Mayrink em seu site sobre “Acossado”:

(…) Os personagens Poiccard e Patricia (admiráveis composições de Jean-Paul Belmondo e Jean Seberg) conversam como nós todos conversamos, mas é uma conversa “dirigida”: Patricia, na sua indecisão tipicamente americana, que a obriga a ser tudo para não ser nada (entre o desgosto e o vazio, prefere o desgosto: lê Faulkner, o de Wild Palms, conhece pintura e denuncia Michel à polícia, para salvá-lo), é a figura que Godard exatamente imagina: de óculos escuros e de blusa riscada (quando então a mulher é um encanto conforme as palavras de Jean-Pierre Melville no aeroporto, durante a entrevista, um dos pontos culminantes do filme), de chapéu na cama enquanto fuma um cigarro, ela não é outra coisa senão mulher. A paixão de Godard por Patricia, como de resto por toda essa humanidade agitada que povoa Acossado, faz com que ele “reinvente” o cinema. E, no entanto, Acossado não parece ter outra pretensão além de ser um depoimento extremamente pessoal.

Leia o artigo completo clicando aqui.

Veja mais fotos clicando aqui.

 
%d blogueiros gostam disto: