[Resenhas] Guerra Mundial Z

20_FVA_rshow_guerraZ

Se você quiser buscar classificações para “Guerra Mundial Z”, a pergunta inicial é: “que guerra mundial” ? Se quiser ir adiante, a questão seguinte seria “será que é um filme catástrofe ou um filme de terror” ? No fundo, nenhuma destas perguntas consegue ser respondida completamente.

Isso não quer dizer que o filme do diretor Marc Forster seja ruim: como entretenimento, é ótimo. A primeira hora sem dúvida está mais para catástrofe do que terror, com muitos efeitos especiais em meio a situações aflitivas do tipo “afinal, o que quer dizer tudo isso ?”. Mas a segunda metade faz o filme crescer, com a igualmente crescente dose de terror.

Zumbis ? Andam em moda no mundo do entretenimento, mas no fundo sempre estiveram nas telonas desde que o mundo (ainda) é mundo. É neste universo criado a partir do livro homônimo de Max Brooks — considerado um dos grandes nomes da “cena zumbi” mundial — talvez a estranheza do filme: será que no fim dos tempos estaremos cercados de amigos mezzo zumbis, mezzo vampiros ? Por sorte, o filme não cai no risível, muito mais pela atuação convincente de Brad Pitt do que propriamente pelas soluções nas formas apresentadas pelo diretor.

Pitt é, de fato, boa parte do sucesso do longa em meio a vários outros personagens à sua volta mal aproveitados. Mas os zumbis “propriamente ditos” não fazem feio, e impressionam muito mais nas cenas de “quantidade” (em Nova York, no início do filme, e nos grandes paredões de Israel) do que em seus closes quase caricatos.

O final foi recriado — o filme atrasou, os gastos chegaram quase a US$ 200 milhões, houve brigas nos bastidores, então nem sabemos como seria o final original — mas acaba sendo uma solução, digamos, “possível” para o caos… Será ? Avalie você mesmo e crie uma nova solução… Mas, mesmo sendo quase um anticlímax, achei melhor do que Brad Pitt virando um possível “exterminador de zumbis”, o que faria com que o filme retornasse para o tom de ação do início…

Vale o ingresso ? Se você não quiser ficar sofrendo após sair da sala escura, vale sim. Compre sua pipoca e aproveite a tensão.

Tommy Beresford

_guerraz

~ por Tommy Beresford em julho, 03 2013.

Uma resposta to “[Resenhas] Guerra Mundial Z”

  1. Eu gostei… 😉
    Brad é um atorzão… Decidi isso em “Queime Depois de Ler” e vejo que ele envelhece bem… em TODOS os sentidos, hehehehe. Enfim, um bom filme!
    (Pensei que encontraria aqui sua já tradicional frase “pegue sua pipoca e aproveite” – foi algo parecido, né? Hehehehe…)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: