[Resenhas] Sex and The City 2

O divertido “Sex and The City 2” fica longe de ser tão bom quanto o primeiro filme (muito menos quanto a série de TV) justamente porque optou por uma linha mais de comédia do que propriamente de reflexão sobre o cotidiano das protagonistas. Carry Bradshaw e suas três amigas apresentam ao espectador, desta vez, situações um pouco mais superficiais e menos instigantes. Seria um bom episódio da série, mas não se sustenta com tanta excelência como um filme à altura de seu antecessor. Seja como for, diverte e faz pensar.

O fato é que os americanos têm uma visão sempre muito curiosa a respeito do que para eles se difere demais do que julgam como “correto”. De cara, o “evento” do início do filme (“evento” para não revelar do que se trata, para quem ainda não viu) é mostrado muito mais como gozação, traindo a ideia de que poderia ser visto como uma conquista dos tempos modernos (e de cabeças mais abertas), transformando-o em algo como “vamos fingir que aceitamos, enquanto no fundo criticamos e jamais aceitaremos”. Da mesma forma, ao não concordar abertamente com os costumes do Oriente Médio — em especial por meio das exacerbações de Samantha –, a produção de certa forma derrapa na velha e errônea certeza de que somente o que os americanos fazem, e do jeito que fazem, é o correto. Ainda assim, o filme, repito, faz pensar, até para que equivocadamente não esqueçamos que é preciso respeitar as diferenças e pelo menos tentar entendê-las ao invés de apenas debochar delas. No fundo, a continuação perdeu a força quando fugiu dos questionamentos mais pessoais das personagens principais e buscou os do mundo.

Julgamentos e clichês à parte, o filme agrada e causa muitas risadas com algumas cenas explicitamente engraçadas: “Sex and The City 2” acaba se mostrando uma boa comédia. Mas demora a decolar: a primeira metade tem pouco ritmo, um timing lento demais, cansativo. Com a entrada de Aidan na reta final da trama, Carry Bradshaw parecia que ia finalmente ter mais o que dizer, ainda que seus questionamentos sejam curiosamente antiquados e paradoxais demais: talvez Carry fique cada vez mais se mostre num dilema entre a mulher convencional e a prafrentex que acaba caindo nas velhas armadilhas do passado em plena Nova York do século 21… talvez os dois anos de casamento tenham fritado suas teorias e o sol das areias do deserto a tenha baratinado temporariamente (ou vice-versa)… talvez a instigante escritora novaiorquina seja no fundo uma mulher comum, com suas carências, vontades e desejos que não cabem num artigo ou num novo livro como receita de bolo para outras mulheres. Seja como for, seu lugar — e o de suas amigas — é mesmo a grande metrópole: não as tirem de lá em um terceiro filme, por favor (a propósito, parece que vai ter mesmo um “Sex and The City 3”, e ambientado em Londres…).

Embora as quatro protagonistas tenham perdido um pouco do magnetismo individual em meio a um roteiro fraco, o elenco principal está correto como sempre, até mesmo o cada vez mais careteiro Chris Noth. Já as aparições especiais causam boas surpresas, em especial a de uma inacreditável Liza Minelli (aparece aos 64 anos numa versão divertida de “Single Ladies”, de Beyoncé — dançando melhor do que cantando, por sinal), além de aparições-relâmpago de Miley Cyrus e Penelope Cruz. Destaque para a cena do karaokê e a ótima trilha sonora. Divirta-se (e se houver alguma frustração, volte correndo aos episódios da série de TV).

~ por Tommy Beresford em maio, 31 2010.

2 Respostas to “[Resenhas] Sex and The City 2”

  1. O filme é um grande equivoco. As personagens esqueceram por completo o discurso feminista e passaram para a grosseria das comedias americanas. Um grande desperdicio de recursos. Pelo andar da carruagem, talvez surja um “Sex and the City, 3D” (terceira idade)

  2. É uma pena mesmo, roteiro fraco e quase nada do brilhantismo da série. Diversão superficial com alguns bons momentos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: