[Resenhas] Jersey Boys – Em Busca da Música

_cartaz_jersey_boys

Será que três filmes tão ligados à música podem terminar 2014 numa lista de melhores filmes do ano ? Em minha lista pessoal certamente já estavam “Alabama Monroe” e “Frozen”, disparados entre o Top10 das dezenas de filmes que vi até então, mas “Jersey Boys – Em Busca da Música” sem dúvida entrou nesta lista com força.

Mais uma vez desmentindo rótulos que acompanharam tanto sua carreira de ator quanto a igualmente bem sucedida de diretor, Clint Eastwood mostra sua versatilidade e constrói um filme passado nos anos 1950 e 1960 com muito cuidado, sem transformar a história em um drama pesado nem num musical feérico. Vale lembrar que, antes de fazer este excelente filme que tem a música como ponto de apoio, Clint nos deu um “momento musical” em 1988 com “Bird” e, em outras tão diversas searas, também nos proporcionou filmes como “Os Imperdoáveis”, “As Pontes de Madison”, “Sobre Meninos e Lobos”, “Menina de Ouro”, a dupla “A Conquista da Honra” e “Cartas de Iwo Jima”, “Gran Torino”… como não reverenciar um cineasta que começou tão tarde mas gerou filmes tão bons, vencedor de 4 Oscars ?

O filme conta a história do grupo The Four Seasons, desde antes da união do grupo até a reunião no Hall da Fama. Podemos enxergar o filme em duas partes, onde a primeira está focada mais em Tommy DeVito, o mentor do grupo, inicialmente um trio. Mais ao final do filme, é o astro Frankie Valli que assume o protagonismo do filme, gerando as cenas mais emocionantes não somente para o público que adora os sucessos desta fase da música americana, mas para mim — como apreciador da música vocal e fã da sala escura — e para os cinéfilos que gostam de um filme bem dirigido. O fato é que o ótimo roteiro também reserva grandes momentos tanto para Michael Lomenda (como Nick Massi) quanto para Erich Bergen (Bob Gaudio), e eles não deixam escapar as oportunidades: todos ótimos. Observem, portanto, que “Jersey Boys” reveza constantemente a perspectiva de quem “opina” sobre os acontecimentos que pontuam a carreira do grupo.

The Four Seasons, o grupo original

The Four Seasons, o grupo original

O elenco é ótimo, com uma participação deliciosa de Christopher Walken. Praticamente um ator iniciante, Vincent Piazza capricha na caracterização de DeVito. Mas sem dúvida o trunfo do filme é John Lloyd Young (que, como Piazza, fez poucos trabalhos de expressão para as telas, ambos desconhecidos no Brasil). Numa escolha primorosa, resultante de sua performance na montagem original da Broadway que lhe rendeu o Tony Awards em 2006 pelo papel, Young está excepcional na difícil tarefa de interpretar Frank Valli. Reza a lenda que o próprio Valli, hoje com quase 80 anos e ainda fazendo turnês pelos EUA, visitou o set do diretor, dando dicas a Young e sugerindo também o nome de Erich Bergen (que teria sido demitido da peça — ele participou das montagens de Los Angeles e Las Vegas — por ‘mau comportamento’) para viver Bob Gaudio (do quarteto protagonista, só Piazza nunca participara da peça: Michael Lomenda também participara antes de Jersey Boys nos palcos, na “National Tour”). Merece menção a participação de Mike Doyle (que participou de “Lanterna Verde”) como Bob Crewe.

A trilha sonora, é claro, deliciosa: “Sherry”, “Big Girls Don’t Cry”, “Walk Like a Man” e tantos outros sucessos estão lá. Mas são “Can’t Take My Eyes Off You”, a mais conhecida, e especialmente “My Eyes Adored You”, minha favorita, que pontuam os momentos de maior emoção ao espectador, marcando respectivamente a volta por cima de Valli ao sucesso e sua relação com a filha.

Eastwood fugiu de uma conclusão didática demais sobre o destino dos personagens, o que pode decepcionar alguns espectadores, mas em compensação surpreende com um final com um quê de Bollywood. Com um filme simples mas no melhor estilo cinemão, o diretor faz um filme que não renega a estirpe dos grandes filmes musicais já feitos. Recomendo imensamente o filme.

Tommy Beresford

Frankie-Valli-and-the-Four-Seasons_film

~ por Tommy Beresford em julho, 04 2014.

Uma resposta to “[Resenhas] Jersey Boys – Em Busca da Música”

  1. O melhor filme de 2014, até agora (julho). Cansados que já estamos de filmes de monstros e super heróis, esse filme é uma alento para a mente e olhos do espectador. Uma aula de história da música para quem não conhece o panorama musical dos anos 50/60. Dá vontade aplaudir todos os números musicas quando se apresentam na tela. Imperdível!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: