[Resenhas] Trapaça

Cartaz_trapaca

Em outras configurações do Oscar, qualquer um dos quatro intérpretes principais de “Trapaça” — Amy Adams, Christian Bale, Jennifer Lawrence e Bradley Cooper — poderia levar a estatueta. Mas, justamente este ano, é bastante provável que nenhum deles ganhe, pois as quatro categorias a que concorrem têm favoritos disparados nas apostas — respectivamente, Cate Blanchett (por “Blue Jasmine“), Matthew McConaughey (por “Clube de Compras Dallas“), Lupita Nyong’o (por “12 Anos de Escravidão”) e Jared Leto (também por “Clube de Compras Dallas”). Escrevo esta resenha três semanas antes da premiação, mas acredito que haja no máximo uma reviravolta possível nestas categorias, jamais nas quatro ao mesmo tempo.

O fato é que o novo filme de David O. Russell dependia de grandes atuações para decolar, e o elenco escolhido cumpriu esta tarefa com louvor. Não que seja fraco o roteiro de “American Hustle” (título original, que em Portugal foi traduzido como “Golpada Americana”): o filme concorre ao Oscar de Melhor Roteiro Original, e ainda a Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Figurino, Melhor Montagem e Melhor Direção de Arte, somando 10 indicações. Mas somente um time de peso conseguiria conquistar o público e a crítica, o que de fato aconteceu: Russell viu sua produção levar o Globo de Ouro (“Melhor Filme Comédia/Musical”), o Critics’ Choice Movie Awards e o Screen Actors Guild (como “Melhor Elenco”), entre outras premiações.

TRAPACA

A ótima Amy Adams está particularmente inspirada. Vencedora do Globo de Ouro de Melhor Atriz de Comédia/Musical, é a única que ameaça Cate Blanchett, que levou quase todos os prêmios de Melhor Atriz do ano por “Blue Jasmine” e, até o início de fevereiro de 2014, era a favorita absoluta… mas dizem alguns especialistas que toda a confusão em torno de Woody Allen e seus filhos pode abalar a candidatura de Cate (que já tem um Oscar na prateleira), já que a votação ainda está aberta. Não acredito, porém, numa reviravolta. O fato é que Amy Adams está ótima em “Trapaça” e, no início do filme, mostra um frescor que lembra até fisicamente Jane Fonda em início de carreira, ainda que Amy não tenha todo o talento da excepcional vencedora de dois Oscars…

A transformação física do musculoso Batman em um enganador quase careca, bastante barrigudo e quase sempre atrás de óculos escuros é impressionante, mas é mesmo o talento de Christian Bale que nos conquista. Vencedor do Oscar 2010/2011 de coadjuvante por “O Vencedor” (batendo Geoffrey Rush por “O Discurso do Rei“), este ano Bale enfrente pesos pesados: Matthew McConaughey é o grande favorito, mas ainda concorrem com eles Leonardo DiCaprio (por “O Lobo de Wall Street“), Bruce Dern (por “Nebraska”) e Chiwetel Ejiofor (por “12 Anos de Escravidão”), numa das categorias mais fortes da disputa. Em “Trapaça”, Christian Bale faz um trapaceiro que flutua entre o discreto e o intenso com maestria.

Houve quem criticasse Jennifer Lawrence por ter ganho seu primeiro Oscar ainda tão cedo e tão pouco experiente (ano passado, por “O Lado Bom da Vida”), como se fosse ‘culpa’ dela ser premiada… Mas sua excelente atuação bateu Emanuelle Riva (por “Amor“) e sua vitória tão recente é justamente o que deve lhe tirar a estatueta este ano. Este ano ela concorre como coadjuvante, e pelo papel já levou o Globo de Ouro, o National Society of Film Critics Awards e o New York Film Critics Circle, mas a favorita é mesmo Lupita Nyong’o, que levou o prêmio do sindicato e mais 12 outros prêmios. Seja como for, Lawrence brilha em “Trapaça” como uma “afogueada” esposa meio tonta, mas sem perder a ternura. Show.

E, apesar dos dois protagonistas aparentemente serem Bale e Amy Adams, somente o também indicado ao Oscar de Coadjuvante Bradley Cooper é páreo para Jennifer Lawrence. Com ou sem bobs no cabelo, Cooper brilha intensamente no papel de um detetive do FBI que acaba ‘se associando’ aos trambiqueiros para capturar outros figurões da política. O ator cresce a cada papel, o que já tínhamos percebido em “O Lado Bom da Vida”, onde fazia par com Lawrence. Dessa vez, os dois praticamente não contracenam, mas roubam todas as cenas. Cooper só perde o Oscar por causa da interpretação arrasa-quarteirão de Jared Leto em “Clube de Compras Dallas” (com Michael Fassbender, por “12 Anos de Escravidão”, correndo por fora). Excelente.

É preciso fazer menção à participação de um topetudo Jeremy Renner e à rápida aparição de Robert De Niro, além da trilha sonora recheada de clássicos do final dos anos 70. “Trapaça” tem momentos brilhantes, como a alternância de duas sequências: a da boate, com Cooper e Amy Adams, e da festinha de Bale com o prefeito interpretado por Renner. Ainda que eu acredite que o filme não fique em minha lista dos Top10 de 2014 e que corra o risco de não vencer em nenhuma das 10 categorias em que disputa o Oscar, recomendo.

Tommy Beresford

trapaca

~ por Tommy Beresford em fevereiro, 10 2014.

3 Respostas to “[Resenhas] Trapaça”

  1. Um filme apenas correto. Gostei muito da trilha sonora, mas achei o elenco bastante “over”, super representando. O tipo de filme que os americanos gostam de ver e premiar, para o azar dos concorrentes.

  2. Simplesmente sensacional!!! Amigo Tommy, o que é Christian Bale neste papel? E Amy Adams? Não conheço Jane Fonda no cinema o suficiente para assinar abaixo de tua afirmação, então, digo que Adams está a cada dia melhor como atriz! Achei horrendos os cachinhos de Bradley Cooper mas o personagem é sensacional, de novo!
    O roteiro é genial, a “aparição” de De Niro me arrebata (sempre…) e, de novo, o que é esta trilha sonora??? Pra mim, que era menininha na época, mas curtia todas as novidades sem entender nada, foi um banho!
    Olha, recomendo, recomendo e recomendo! E, como já falo distante do Oscar, não me preocupo com nenhum prêmio. Pra mim, já levou todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: