[Resenhas] Um Plano Brilhante

Se eu me desse ao trabalho de ler as “críticas oficiais”, talvez encontrasse restrições a Um Plano Brilhante (“Flawless”, no original). Afinal, existe uma parcela dos analistas cinematográficos que torce o nariz para Demi Moore, uma atriz que respeito bastante por ter se arriscado em diversos momentos de sua carreira, ao invés de se acomodar no rostinho angelical que conquistou a todos com “Ghost – Do Outro Lado da Vida”, de 1990.

Demi acertou: está impecável como a protagonista desta trama policialesca ambientada na década de 60. O roteiro é simples mas bem filmado com uma dose intensa de suspense: com tons agathachristianos (até o sobrenome da personagem, Quinn, remete a um personagem de Dame Agatha), o filme de Michael Radford prende os espectadores o tempo todo, curiosos em saber como foi que o tal plano brilhante foi executado.

E quem brilha, pra variar, é Michael Caine, soberbo como sempre. Merecem menções diversos coadjuvantes, como Lambert Wilson, Derren Nesbitt e, em especial, Joss Ackland. E palmas para Demi Moore: só por ela já valeria a ida ao cinema.

Tommy Beresford

~ por Tommy Beresford em abril, 24 2008.

Uma resposta to “[Resenhas] Um Plano Brilhante”

  1. outro dia vi um sketch do snl: o host da noite era ashton kutcher e demi estava na platéia, vestida, maquiada e com peruca de uma mulher de uns 70-80 anos, para fazer graça das pessoas que insistem em apontar a diferença de idade entre eles.
    ganhou meu respeito!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: