[Resenhas] Minhas Mães e Meu Pai

Nada contra os americanos, muito menos contra o Globo de Ouro, uma de minhas premiações favoritas. Mas não dá para entender o motivo de “Minhas Mães e Meus Pais” ter concorrido nas categorias de Comédia/Musical. O filme não tem nada de comédia, muito menos de musical: é um drama, um excelente drama, diga-se não de passagem, mas apenas para começar. E se por acaso os americanos (ou os responsáveis pelo Globo de Ouro) realmente enxergaram o filme como uma comédia… pobre deles. Nadíssima a ver.

O filme tinha tudo para cair nos tradicionais clichês, estereótipos e caricaturas. Mas desde os primeiros minutos o roteiro e a direção de Lisa Cholodenko (premiada no Berlin International Film Festival, levou o Best Feature Film) deixa claro que não se trata de um filme preconceituosamente rotulado de “um filme de lésbicas”: é um filme sobre família e seus problemas cotidianos, sem grandes conflitos “extraterrestres” e efeitos visuais e, com a ajuda de um elenco ótimo, não vira algo sem pé nem cabeça.

Mia Wasikowska (a “Alice” de Tim Burton e em breve a nova Jane Eyre) mescla força e delicadeza em proporções exatas. Pelo título em português, o filme deveria tê-la com protagonista, mas “The Kids Are All Right” (título original) na verdade é um filme das mães, e não dos filhos. Mark Ruffalo e Julianne Moore são dois de meus atores favoritos, e não decepcionam: estão ótimos em papéis difíceis. A dupla protagoniza o único grande clichê do filme, mas que não destrói o filme, ao contrário, dá mais deixas à atuação brilhante da “outra mãe”.

Finalmente, preciso confessar: sempre tive implicância com Annette Bening, não me perguntem porquê. Nunca gostei, nunca consegui gostar, mesmo quando mostrou nas telas grandes interpretações. Pois sua Nic neste belo filme é avassaladora: Benning parece dosar como uma grande chef cada ingrediente que resulta em uma interepretação marcante. Merece cada prêmio e indicação que vem levando em eventos diversos.

Talvez esta tenha sido a única boa justificativa de “Minhas Mães e Meu Pai” ter entrado nas categorias erradas no Globo de Ouro: permitir que Annette Bening tenha sido laureada como Melhor Atriz na mesma premiação que Natalie Portman (vencedora por “Cisne Negro”, ainda inédito no Brasil). No Oscar, a não ser que seja reeditado o empate de mais de 30 anos atrás (Katherine Hepburn e Barbra Streisand), isso não deve acontecer.

Li agora que parte da crítica não gostou do filme, outra adorou. Vá, veja, analise você mesmo: será um filme ousado para o “american way of fazer cinema” ou, bem ao contrário, um filme que, em pleno 2011, não ousa como poderia e banaliza uma relação homossexual ? Nem uma coisa, nem outra, na minha opinião. Ainda que, infelizmente, “Minhas Mães e Meu Pai” tenha sido lançado em poucas salas no Brasil, não dê bobeira: corra e assista a este grande filme.

Tommy Beresford

~ por Tommy Beresford em janeiro, 21 2011.

Uma resposta to “[Resenhas] Minhas Mães e Meu Pai”

  1. Também acho lamentável ver o filme mais como uma comédia — fosse assim, BELEZA AMERICANA também seria. Mas, ao contrário de você, acho o filme, sim, um amontoado de clichês do Cinema Independente, mas que falta encantar mesmo por ser uma trama não tão interessante assim. Acho o filme todo apenas bom. Por “todo”, quero dizer que, quando não inferior, quase todos os aspectos se unem numa harmonia razoável. Não vejo nada ali que mereça ser lembrado em premiações. Moore e Bening estão ótimas, mas não são atuações para vencer prêmios, tampouco a de Ruffalo, um ator de que gosto muito, mas que aqui só repete o que fez em filmes como CONTE COMIGO, o que não deixa de ser uma decepção por não enveredar em composições mais ousadas. Bacana e previsível, na falta de palavras melhores. Dou 6/10 ou 3/5.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: