[Resenhas] O Despertar de Uma Paixão

Na medida certa. A única coisa que não é excelente no filme a que acabei de assistir é o título em português, “O Despertar de Uma Paixão”, tradução meia-bomba para The Painted Veil, baseado no clássico de W. Somerset Maugham que, evidentemente, nunca li.

Em meio a uma bela fotografia e uma China de 1925, dois destaques.

A trilha sonora tão discreta quanto exuberante de Alexandre Desplat (que não concorreu ao Oscar mas concorreu – e venceu – o Globo de Ouro desse ano)…

… e as atuações tão delicadas quanto intensas dos excelentes Edward Norton e Naomi Watts.

A penúltima cena, curta, com Naomi Watts, me emocionou como há muito não acontecia, ainda que o final fosse o que deveria ser. Aliás, o filme não tem faltas nem excessos. Gostei bastante.

~ por Tommy Beresford em junho, 26 2007.

Uma resposta to “[Resenhas] O Despertar de Uma Paixão”

  1. Não sei nem o que dizer! o filme é simplesmente sensacional. Bem interpretado, um cenário maravilhoso, eu adorei, há muito tempo não via um filme de excelente qualidade como este.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: