[Resenhas] Toy Story 3

toy-story-3-poster

Para que serve a crítica ?

Para que servem os críticos profissionais se entram num cinema, que deveria ser um templo para eles, deixando na calçada seu sentimento, sua vontade de gostar, viajar e de se emocionar por um filme ? Para que serve um crítico que quase que tenta impedir alguém de ir ao cinema para um entretenimento não somente bem feito mas que faz rir e traz emoção aos corações e mareja os olhos de quem assiste ?

Não são todos, claro. Mas li (somente depois, claro, e felizmente poucas) críticas sobre “Toy Story 3” bastante sofríveis, analisando apenas a “parte técnica” ou o fato de ser “uma mera terceira continuação”. Pois “Toy Story 3” (agora dirigido por Lee Unkrich) é um excelente filme, maravilhoso, que faz rir, emociona, faz chorar. Ótimo roteiro, novos personagens e novas situações que prendem desde os mais jovens espectadores até os adultos que os acompanham — ou mesmo que vão sozinhos, muitos, para conferir esta nova grande obra da Pixar. E emociona, falando sem pieguice de amizade, de despedidas, de saudade.

Há também muita diversão, em especial a “parte espanhola” da trama (Buzz Lightyear impagável) e a apresentação do tão extenso quanto bizarro guarda-roupa de Ken: tanto o público mirim quanto o adulto soltou altas gargalhadas em vários momentos. O único porém talvez sejam algumas cenas escuras demais, totalmente justificáveis pelo fato de parte da trama acontecer à noite e em alguns lugares bem fechados e sombrios. Nada, aliás, é gratuito em “Toy Story 3”, cada frase, cada novo personagem, cada situação.

Ao contrário dos anteriores, não há um personagem dominante, mas uma questão principal que rege a trama: o que acontecerá com os brinquedos de Andy quando chega a hora do personagem — agora com 17 anos — ir para a faculdade ? A emoção, que pontua vários momentos da trama mas aflora com exuberância nos minutos finais, vem por meio dos personagens humanos da trama: impossível segurar as lágrimas. Ou melhor, talvez somente os críticos que se tornaram duros e insensíveis demais com o passar dos anos consigam se manter impassíveis.

Assisti em 3D (e, por ter ido com minha filha, com nossos excelentes dubladores brasileiros), e acho que dessa vez o efeito não acrescenta muito à trama: seja como for, não deixe de assistir. Até que resolvam fazer um quarto filme, “Toy Story 3” completa com muita competência a trilogia iniciada em quase longínquos 15 anos atrás por “Toy Story” (1995), um marco, e “Toy Story 2” (1999), um clássico (este segundo, sem dúvida, um dos melhores filmes infantis de todos os tempos), ambos criados e dirigidos por John Lasseter. Não perca o terceiro e aproveite para rever os dois primeiros. Chorei, chorei muito, chorei 20 baldes, sem pudor, sem impedimentos. Divirta-se, emocione-se e resgate o ser humano verdadeiro que (ainda) existe dentro de você.

Em tempo (e bem a propósito do que acabei de escrever): chegue bem cedo à sessão para assistir ao curta “Dia e Noite”. Sem dúvida, uma das melhores coisas que apareceram nos cinemas no século 21.

Tommy Beresford

Update 01.06.2012 – Tive a honra de receber o convite de participar, com um grande trecho desta resenha, de um livro didático! Abaixo, a reprodução das páginas onde ele foi inserido.

Toy-Story-3-Photo1

~ por Tommy Beresford em junho, 20 2010.

7 Respostas to “[Resenhas] Toy Story 3”

  1. O 3D é apenas um detalhe nesse filme completo. Até agora não vi ninguém que não tivesse adorado também!

  2. O filme é maravilhoso! Todo mundo deveria entrar numa sessão de TOY STORY 3 e se deixar dominar pela história. Não há crítica. Apenas uma genuína experiência cinematográfica. É como voltar a ser criança.

    Abs!

  3. […] PS: Se quiser ver a crítica toda de Tommy, aqui. […]

  4. Procure a Deus! alias o filme eh mto bom!

  5. Ri e chorei demais no cinema.
    Dia e Noite é perfeito, estupendo.
    Momentos muito engraçados, como o Sr. Cabeça-de-Batata nos corpos bizarros ou as danças do Buzz como espanhol. E o final? Chorei litros. Melhor filme e animação, são dois prêmios que Toy Story 3 deve ganhar no Oscar de 2011.

  6. Um link para Dia e Noite:

  7. Grande filme, 10 anos de idade menina que eu gostei da minha pequena gostei e tenho certeza que assim como milhões de pessoas. Para mim, foi inesquecível e maravilhoso, acho que a espera valeu a pena, sem dúvida que Toy Story 3 é um dos filmes infantis que marcaram jovens e velhos, uma mistura com alguma emoção foram a combinação perfeita para não apenas entreter o público, mas também para cativar. Ótimo, ótimo filme que não me canso de dizer isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: