[Resenhas] O Pequeno Nicolau

Para um filme francês em cartaz no Brasil em poucas salas, “O Pequeno Nicolau” tem feito boa bilheteria (até 29.08.2010, quase 120 mil espectadores”. Mas não acho que possa ser considerado um “filme infantil”, como parece que vem sendo vendido. Na verdade, poderia e deveria sim ser visto pelas crianças, mas não por algum apelo de entretenimento e sim pelos valores ali mostrados, incluindo a ode à pureza e à inocência, cada vez mais precocemente perdidas neste mundo tão complicado.

“O Pequeno Nicolau” é inspirado em “Le Petit Nicolas”, pouco conhecido no Brasil mas criado por Jean-Jacques Sempé e René Goscinny, em 1959 (por Goscinny, leia-se Asterix), e o filme preserva a característica de ser situado numa França dos anos 50. O menino Nicolau é interpretado com maestria por Maxime Godart: por sinal, o elenco infantil é digno de premiações.

Os amigos de Nicolau são interessantíssimos, na medida em que mostram diversas características que podem ser encontradas em crianças de todos os tempos — algumas em uma única. Há o que vai toda hora para o canto da sala por não conseguir responder nada, o que estuda demais a ponto de ser o mais mala da turma, o que adora brigar, o que come desmedidamente. Nicolau aparentemente é o que não se encaixa neste rol, e o filme começa com o menino sem saber o que responder quanto ao que quer ser quando crescer.

Uma situação repentina que um dos colegas vive faz com que Nicolau elabore um intrincado mas ainda assim pueril raciocínio quanto a seu futuro em família, e a partir deste mote o roteiro de Alain Chabat, Laurent Tirard e Grégoire Vigneron é tão simples quanto funcional: o mundo visto pelos olhos de Nicolau (e de sua mãe — brilhantemente interpretada por Valerie Lemercier — em situação paralela que remete à mesma ingenuidade do filho) causa no espectador ótimas risadas e lágrimas inevitáveis.

Recomendo o filme, um dos melhores do ano, e o ótimo site oficial:

http://www.petitnicolas.com/

Tommy Beresford

~ por Tommy Beresford em agosto, 31 2010.

4 Respostas to “[Resenhas] O Pequeno Nicolau”

  1. Uma ótima comédia para desopilar o fígado. Fazia tempo que não ria tão gostosamente vendo um filme. Para os amantes do bom cinema e que tenham uma certa “memória” do que foram as gerações passadas (anos 50/60).

  2. Adorável filme. Uma graça tanto Nicolau e seus amigos quanto o visual retrô anos 50 do filme.

  3. […] de ser situado numa França dos anos 50.”  (quem se interessar pelo filme leiam cinemagia e resenhafilme, eu gostei das resenhas e recomendo). No entanto, não vou me estender falando sobre […]

  4. Republicou isso em INTERBLOG.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: