[Resenhas] Quem Quer Ser um Milionário ?

slumdog_millionaire_cartazDesejar comparar, como alguns têm feito, “Quem Quer Ser um Milionário ?” com “Cidade de Deus” é algo sem propósito. É como querer comparar todo grande filme de amor a “Casablanca”, ou mesmo querer que “Psicose” tenha que ser o modelo mais interessante para todo e qualquer filme do gênero. Melhor então esquecer as comparações e simplesmente ir assistir ao filme.

Da mesma forma, a expectativa gerada pelos 8 Oscars é traiçoeira. Se você for aos cinemas esperando uma obra-prima, melhor esperar o filme chegar em DVD. Mas se preferir o frescor da sala escura para assistir a um grande filme, não deixe de efetivar este desejo. Melhor então esquecer as expectativas e simplesmente ir assistir ao filme.

Danny Boyle fez um filme honesto. Se houvesse prometido alguma coisa antes de fazer o filme, certamente teria cumprido tudo que pensou. Com excelente fotografia, elenco infantil e adulto muito bem escolhido, ótima trilha sonora, montagem mais que eficiente e um roteiro simples e direto, Boyle costura tudo isso com mão firme e prende o espectador do primeiro ao último minuto, emocionando e divertindo. Seu único ‘porém’ foi talvez ter estendido demais: “Slumdog Millionaire” (título original) poderia ter uns 20min a menos.

Não é um filme, porém, que gere apenas opiniões positivas: tenho certeza — e já lemos a respeito — que vai ter quem não goste. Eu gostei, acho que vale o ingresso e merece mesmo os tantos prêmios que recebeu. Muito mais do que Índia, favela, a busca pela sobrevivência, por um prêmio milionário ou a fama em um programa de TV, o filme fala de integridade e honestidade, e nos lembra que não é a pobreza ou a simplicidade que nos torna seres humanos de pouco caráter ou sem dignidade, como muitos querem que acreditemos — em geral e inclusive muita gente “importante”, que no fundo não sabe mais o que significam esses valores. Mais ainda: nos relembra que o amor, hoje algo tão banalizado e colocado em segundo plano, tem que ter sempre uma posição prioritária em nossas vidas — toda forma de amor.

Em tempo [1]: não saia do cinema antes dos créditos.

Em tempo [2]: sim, certamente há semelhanças entre “Quem Quer Ser um Milionário ?” e “Cidade de Deus”, mas isso não quer dizer absolutamente nada. Nada.

slumdog_cena

~ por Tommy Beresford em março, 06 2009.

2 Respostas to “[Resenhas] Quem Quer Ser um Milionário ?”

  1. Nada a ver a comparação, também me surpreendi com ela. A história do “slumdog indiano” nada tem a ver com a do protagonista de Fernando Meirelles. Gostei mesmo, achei os Oscars merecidos e creio que é um grande filme, em qualquer tempo, justamente por destacar valores em falta na sociedade, nos dias de hoje.

  2. Alguns críticos, cariocas e paulistas. torceram o nariz para o filme, vendo algumas semelhanças com “Cidade de Deus”, de Fernando Meireles. Puro preconceito. A miséria retratada na favela de Bombaim não é tão diferente do que já estamos acostumados a ver por aqui. O filme tem qualidades suficientes para agradar ao grande público e é isso que interessa e os prémios que vieram a seguir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: