[Resenhas] Chico Xavier, O Filme

Assisti a “Chico Xavier – O Filme” na primeira sessão do primeiro dia de exibição e, como sempre, sem ter lido qualquer uma das críticas oficiais ou internautas sobre a produção dirigida por Daniel Filho. Saí do cinema emocionado, por diversos motivos.

Como bem avisa em seus primeiros segundos, a vida de um homem não pode ser toda contada em um filme. Qualquer homem, muito menos Chico Xavier. Mas é impressionante vislumbrar, pela primeira vez em tantos anos de cinefilia, uma plateia só se levantar, emocionada, após o último SEGUNDO dos créditos finais do filme.

“Chico Xavier” emociona sem apelar, embora não chegue a ser uma obra-prima cinematográfica — não, não é. Mas há muito o que destacar, a começar pela trilha de Egberto Gismonti. Li críticas antecipadas pela seleção de tantos globais para o elenco, mas a escolha dos atores mostra-se totalmente acertada: definitivamente, os desempenhos são grandes alavancadores do filme.

Há belas cenas, sofridas, choradas, protagonizadas pelos excepcionais Tony Ramos (magistral) e Christiane Torloni, mas em momento nenhum elas estão ali gratuitamente. O protagonista Chico é interpretado por três ótimos atores, ainda criança pelo pequeno Matheus Costa, já mais velho pelo veterano Nelson Xavier… mas é Ângelo Antônio quem arrepia na pele do médium na fase adulta, ainda sem fama mas já arrebanhando seguidores de todos os cantos. A curta aparição de Giovanna Antonelli, excelente, merece menção, bem como a interpretação mais uma vez irretocável de Pedro Paulo Rangel.

Dispa-se de qualquer preconceito e, seja qual for o seu credo, vá assistir. Torço para que a abrangência de sua bilheteria seja tão significativa e extensa quanto a obra literária que Chico Xavier deixou. Mas, muito mais importante, torço para que a bondade que Chico Xavier derramou por tantas pessoas possam atingir todos estes espectadores e gerar bons frutos.

Tommy Beresford

~ por Tommy Beresford em abril, 02 2010.

2 Respostas to “[Resenhas] Chico Xavier, O Filme”

  1. O Filme Chico Xavier, com certeza, ultrapassará as expectativas. O Povo precisa de mensagens de fé, esperança e amor. O filme do Chico, que conta sua vida, traz esse manacial de paz aos nossos corações. Parabéns a todos!!!!!!

  2. Um belo filme. Com certeza, 92 anos de vida de Chico Xavier dariam vários bons filmes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: