[Resenhas] A Vida Secreta das Abelhas

A-Vida-Secreta-das-Abelhas-cartaz

Após a safra do Oscar 2008/2009, quando de fato começa um novo calendário cinematográfico, já assisti a vários ótimos filmes, mas apenas “A Era do Gelo 3” mereceu a alcunha de “filme do ano” até a data presente [10.08.2009] — claro que apenas em relação aos filmes que pude assistir, infelizmente minha situação financeira e minha agenda não permitem que eu vá aos cinemas todos os dias…

Pois eis que apareceu um segundo. Não deixem de assistir a “A Vida Secreta das Abelhas”. O título tem mais a ver com a vida das personagens principais do que propriamente com os insetos que, sim, estão na trama, mas não são os protagonistas dos dramas que emocionam, sem pieguices, o espectador. Não há grandes surpresas nem ineditismo, mas o filme trata de forma simples e sincera de uma história forte e comovente em uma América de 1964, com preconceito racial (mas não só racial) transbordando por todos os lados.

O elenco é fabuloso, com a boa surpresa da atuação de Alicia Keys, uma arrebatadora Sophie Okonedo, a competência de Jennifer Hudson e mais um desempenho marcante de Paul Bettany. Mas é mesmo a dupla Queen Latifah e Dakota Fanning que arrasam qualquer quarteirão. Dakota cada vez mais segura mesmo nesta transição complicada de idade, e Latifah mostrando que Queen tem tudo a ver com ela: uma atriz extraordinária. Há pelo menos uma cena, entre muitas, que Dakota “enfrenta” Latifah de igual para igual, sem titubear, e emociona. Grandes atrizes, grande filme. Não perca.

Em tempo: caso você tenha chegado aqui procurando alguma resenha crítica do filme para um trabalho escolar, lembre-se que o nome do autor e, em especial, o estilo de quem escreve fazem a grande diferença (e não enganam o professor, ainda que você mude uma parte ou outra do texto).

Tommy Beresford

secret-life-of-bees-cena

~ por Tommy Beresford em agosto, 10 2009.

4 Respostas to “[Resenhas] A Vida Secreta das Abelhas”

  1. Não assisti ainda, mas vou seguir a dica.

    Abraços
    http://www.anetux.com.br

  2. Bom filme. Emociona pela estória singela e tambem pela abordagem do racismo (tão recente, 1964!). Boas atuações do elenco femenino. A música que toca no final(Jennifer Hudson?), na passagem dos créditos, arrasa.

  3. […] Ficha no iMDB Resenha de Tommy Beresford no blog Cinema é Magia Verbete na […]

  4. Este filme não foi para mim um dos mais marcantes entre aqueles lançados no ano passado, mas também me senti bastante tocado pela história, especialmente pelos excelentes desempenhos das atrizes. Se continuar assim, Dakota Fanning será uma Jodie Foster quando for mais adulta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: