[Resenhas] A Troca

a_troca_cartaz“Penso em minha filha cada dia de minha vida” é a tradução aproximada da fala de um dos personagens que contracenam com a personagem de Angelina Jolie em “A Troca”, e traduz com precisão todo o sofrimento da protagonista em busca de seu filho. O que poderia ser um dramalhão pesado tem tratamento delicado nas mãos do diretor Clint Eastwood.

Isso não significa que assistir ao filme (em especial a primeira meia hora) seja fácil para os espectadores que, como eu, têm filho pequeno e que, numa sensação que realmente não dá para explicar, entendem, como um nó apertando no peito, toda a angústia pela qual passa aquela mãe. E não é só isso: não bastasse todo o horror da perda e a imensidão da saudade, Christine Collins é desacreditada, como se fora incapaz de reconhecer seu próprio filho algumas semanas depois da perda.

Depois o filme fluiu melhor mas não perde em densidade nem tensão, como deve ser: baseado numa história real da preconceituosa e corrupta Los Angeles da década de 20, Clint Eastwood faz uma abordagem precisa e cria um de seus melhores filmes.

O elenco ajuda: quem tem John Malkovich no set de filmagens tem tudo. Mas todo o elenco de apoio ajuda: para citar apenas um, Jason Butler Harner pode parecer caricato para alguns mas representa a “normalidade monstruosa” de quem acha normal tripudiar da vida humana. Destaque para Jeffrey Donovan, policial que massacra Christine sem piedade tentando convencê-la do contrário que o coração de mãe tem certeza.

Claro que o destaque é a protagonista. Angelina Jolie, candidata ao Globo de Ouro pelo papel, está admirável: a dor da mãe poderia ter gerado uma interpretação histérica mas Jolie opta pela contenção, explodindo apenas quando de fato não há mais como conter a indignação. Emoção à flor da pele, Jolie criou, com a ajuda de um talentoso diretor como Eastwood, um de seus melhores papéis. Prepare seu lenço e não perca.

Tommy Beresford

a_troca_cena

~ por Tommy Beresford em janeiro, 11 2009.

4 Respostas to “[Resenhas] A Troca”

  1. “A Troca” é o melhor filme de Clint Eastwood desde a “As Pontes de Madisson”. Um filme denso e com ótimo roteiro. Baseado em fatos reais, o filme nos transporta a uma Los Angeles dos anos 20 onde os direitos básicos ainda eram tímidos ante a arrogância policial. Angelina Jolie dá vida a um personagem bastante sofrido e sofremos juntos a sua triste estória.

  2. Adorei o filme. Até que enfim vi um personagem em Angelina Jolie.

    Evanildo Mercês

  3. […] TABLITO  Robson Saldanha PORTAL CINE  Romeika Cortez A ROOM OF ONE’S OWN  Tommy Beresford CINEMA É MAGIA  Vinícius Pereira BLOG DO VINÍCIUS  Vinicius Silva SOB A MINHA LENTE  Wally Soares CINE VITA  […]

  4. Excelente filme. Apesar de “heavy”, uma Angelina Jolie muito competente e uma direção das melhores de Eastwood.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: