[Resenhas] Nosso Lar

Os primeiros números de “Nosso Lar” provam a impressão de quem vislumbra as filas e cinemas lotados nos primeiros dias após a estreia: é uma temática popular. Depois do sucesso de “Chico Xavier“, que chegou a cerca de 3 milhões e 400 mil espectadores, é de se esperar que o filme de Wagner de Assis chegue a número semelhante, talvez até maior.

Entre os filmes nacionais lançados nos últimos anos, “Nosso Lar” tem um lugar de destaque por não ser tão somente um “filme para espíritas”, mas como um trabalho de inegável competência em cima de uma verba vultuosa em se tratando de cinema brasileiro (cerca de 20 milhões foram gastos). Um esmero e qualidade impressionantes, em se tratando de cinema brasileiro, inclusive com relação a figurino, fotografia (do suíço Ueli Steiger, de “10000 AC”) e em especial montagem.

Boas interpretações: destaque para Renato Prieto e a sempre excelente Ana Rosa, além de Werner Schünemann, que nos faz esquecer o Emmanuel representado por André Dias em “Chico Xavier”. A canadense Intelligent Creatures teve importância fundamental nos efeitos especiais, igualmente bem feitos. A trilha sonora de Philip Glass é bela mas curiosamente óbvia.

É um bom filme, que pode ser assistido por pessoas de todas as religiões porque não pretende mudar a crença de ninguém. Mais que tudo: longe de ser uma obra prima, “Nosso Lar” faz o cinema brasileiro respirar além das estéticas “filme-favela” e “filme-pobreza” (nada contra ambas, deixo claro), que gerou filmes de qualidade nos últimos anos, como “Cidade de Deus” e “Central do Brasil”, por exemplo, mas que tem sido produzida numa quantidade acima do palatável ultimamente.

Tommy Beresford

~ por Tommy Beresford em setembro, 13 2010.

5 Respostas to “[Resenhas] Nosso Lar”

  1. Apenas uma produção correta. Não se poderia dizer que o filme, baseado na obra de Chico Xavier, poderia ser visto e compreendido por qualquer plateia. Antes de mais nada, apenas os espíritas, identificados com o tema e familiarizados com o livro, poderiam fazer a sua crítica. Aos demais, é um filme bonito e comovente de se ver.

  2. Eu que tive a oportunidade de ler essa obra maravilhosa , mesmo assim não pude deixar de derramar lagrimas , pois o filme e extremamente bom , independente de qualquer religião , acho q todos deveriam assistir . fique na paz de jesus .

  3. É um filme realmente excepcional, tanto na tematica espirita, como no cinema brasileiro em geral, devido a história, efeitos, atores, tudo tudo de bom. É um filme emocionante que superou as expectativas. É uma nova fase do cinema brasileiro, que trará boas novas para todos, espiritas ou não, é só prestar atenção na mensagem.

  4. Gostei do filme, mas também acho que há alguns detalhes que só os espíritas entenderão. Como li anteriormente as críticas, de fato a “arquitetura pós túmulo” é bem interessante, deve-se prestar atenção.

  5. Oi adorei.. muito obrigado, me fez se interessar pelo livro….mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei… se trata de um livro arrebatador…ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos…..e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história…..acesse o link da livraria cultura e digite reverso…a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: