[Resenhas] A Rede Social

Se você depende de ler calmamente as legendas, melhor esquecer a versão em inglês do excelente “A Rede Social” (“The Social Network”): o filme quase derruba de cansaço o cinéfilo logo na primeira cena, antes mesmo dos créditos iniciais. O protagonista interpretado por Jesse Eisenberg (Mark Zuckerberg, o criador do Facebook) fala pelos cotovelos automobilisticamente enquanto tenta de alguma forma conquistar uma namorada com suas histórias de fraternidade harvardianas e ela, coitada, não consegue não somente acompanhar como aguentar a falação.

É um ótimo começo para o filme, com direito a White Stripes tocando ao fundo justamente quando Zuckerberg leva finalmente o fora da mocinha (pelo que li agora, depois de ter assistido, o Zuckerberg real teria afirmado que nunca existiu a tal namorada, mas é válido…).

Com tanta verborragia, ainda que vinda de um gênio, o diretor David Fincher faz bonito aliviando a barra justamente com uma trilha sonora eficiente, ótimas fotografia e montagem e uma narrativa bem construída mostrando os bastidores da criação desta que ora é chamada de rede social (como no filme), ora é chamada (em especial nos telejornais tupiniquins) de “site de relacionamento”. O diretor (de excelentes filmes como “O Curioso Caso de Benjamin Button”, “Seven – Os Sete Crimes Capitais”, “Clube da Luta” e “Zodíaco”) não se deixa levar apenas no jeitão nerd-vivo-para-mim-mesmo-na-minha-caverna do protagonista, e traz uma contrapartida digamos “mais atlética” ao espectador com cenas primorosas como a da regata.

Não acho que o verdadeiro Zuckerberg (personalidade de 2010 segundo a revista Time) vá ficar plenamente satisfeito com sua representação cinematográfica, mas o fato é que Jesse Eisenberg dá um banho de interpretação, indo muito além da falta de traquejo social do nerd que se torna bilionário ainda que no início nem queira. O ator foi merecidamente indicado ao Screen Actors Guild e ao Globo de Ouro (neste último, Andrew Garfield, que faz o sócio brasileiro Eduardo, também foi indicado a coadjuvante, e tem mais chances de levar o prêmio, embora eu não acredite, Christian Bale já levou vários prêmios por “O Vencedor”, que ainda não estreou no Brasil). Menção mais que honrosa para Justin Timberlake no papel de criador do Napster.

Ainda assim, apesar de ter gostado muito e já ter ganho vários prêmios (levou 5 no Boston Society of Film Critics Awards dias atrás), não acho que “A Rede Social” seja um filme para ganhar o Oscar. Deve receber ao menos umas seis indicações, mas não creio que seja vencedor como Melhor Filme, até porque ainda é cedo demais para tentar este tipo de aposta. Mas recomendo o filme, e fiquei com vontade de ler o livro no qual a película foi baseada. Internauta, este filme é todo seu.

Tommy Beresford

~ por Tommy Beresford em dezembro, 23 2010.

3 Respostas to “[Resenhas] A Rede Social”

  1. Tommy, esse filme é demais. Entrou para a minha lista de filmes favoritos… Gosto muito do assunto e, principalmente, de ler e ver sobre pessoas que deram certo. Para quem não é habituado com legendas, a minha recomendação é a de que não se perca tempo tentando entender sobre algoritmos, modelos de computadores, fraternidades – a dica é apenas assistir para captar a mensagem.
    Um abraço

  2. Falta só estrear em Friburgo, para eu assistir, rsrsrs… De qualquer modo, já está na minha “Must see list”. Parabéns pela resenha, e um feliz natal para você e família!

  3. Muito bom filme, independente de Oscars e outros prêmios. Fiquei impressionada com o desempenho de Jesse e com a história em si. Filme pra internauta, sem dúvida!
    Bjs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: