[Resenhas] Minha Mãe Quer Que Eu Case

A crítica, pra variar, não gostou muito.

“Apenas mais uma comédia romântica” e
blá blá blá
blá blá blá
blá blá blá…

Pois mesmo longe de ser inesquecível (não é) ou imperdível (não é, mas bem feito procê), Minha Mãe Quer Que Eu Case (*) é (sim, mais uma) comédia romântica.

Ótima para levantar o ânimo de alguém em pleno ápice do limbo astral (aquele período de 11 meses que vai de um inferno astral a outro).

Mesmo com muitas piadas óbvias, é gostosa como uma comédia romântica deve ser, em especial uma sequência de cenas mudas de Diane Keaton, brilhando num terreno meg-ryaniano onde ela está se tornando (eu disse isso?) craque. Não, eu não disse que ela é melhor muda. Mas quem assistir vai entender, com direito a orgasmo e tudo. Ou nada. 🙂

Valeu a pipoca, que não resisti e comi, pacotão mega, mesmo após 5min do almoço.

E a crítica fede.

….

Curiosidade que só o IMDB me mostrou: Gabriel Macht esteve em “O Bom Pastor” (que está nos cinemas ainda, e não vi) e em um episódio de “Sex And The City” e de… “Barrados no Baile, em 1991 ! E Lauren Graham é de “Gilmore Girls”, entre outras séries, e vai estar na continuação de “Todo Poderoso” (sem Jim Carrey, mas com Steve Carell, Morgan Freeman e John Goodman).

~ por Tommy Beresford em abril, 27 2007.

Uma resposta to “[Resenhas] Minha Mãe Quer Que Eu Case”

  1. Simplesmente maravilhoso…Diane Keaton só estrela filmes de comédia inteligente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: