[Resenhas] Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal

Difícil descrever a sensação de assistir a um Indiana Jones legítimo, num filme de Spielberg legítimo (em sua porção efeitos especiais, principalmente), com trilha de John Williams, tudo como deve ser: tão sensacional quanto inverossímil, tão cheio de truques quanto emoção. Bom ouvir no cinema aquela expressão “ah, vá pra ponte que partiu !” quando algo tão fantástico quanto mirabolante acende a tela.

Mais que isso não posso escrever a respeito de Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal, pois estragaria as boas surpresas que o filme reserva: uma história no mínimo surpreendente para quem, como eu, foi ao cinema sem saber nada a respeito do filme. A excelente escolha em atualizar em quase 20 anos a história, tal como o tempo que passou de fato na vida do intérprete do protagonista na vida real, se junta à igualmente perfeita opção em deixar a imagem “velha”, para que tivéssemos a sensação de novamente nos percebermos no universo de Indy. Funciona, e bem.

O elenco é ótimo. Desnecessário dizer que a grande Cate Blanchett foi excelente escolha, brilhando como a vilã Irina Spalko. Quem não se lembra de Karen Allen vai ter que ver o filme para entender, melhor não explicar. Mais uma vez o jovem Shia LaBeouf mostra que tem talento, sem titubear num filme que tem feras como Ray Winstone, Jim Broadbent e, principalmente, John Hurt, embora este último talvez faça o único personagem descartável na história.

Mas o filme é mesmo de Harrison Ford: Harrison Ford é e será sempre Indiana Jones. Indiana Jones é e será sempre um grande super-herói, ainda que suas vestes não sejam coladas ao corpo. Sua máscara é seu emblemático chapéu, que ele não perde, tal como não perde o grande talento que teve antes e tem novamente agora para criar esse personagem que, não tenham dúvida, é um marco no cinema de ação e aventura.

Todos os méritos, porém, vão para Steven Spielberg que, apoiado no excelente roteiro de David Koepp em cima da história e personagens de George Lucas, fez um grande filme – mais um. A direção é excepcional, os efeitos grandiloqüentes… e o diretor deve estar feliz, pois numa mesma produção conseguiu unir vários ‘universos’ sobre os quais tratou em diversos de seus filmes, sem fugir da essência de Indiana Jones. Um grande entretenimento, um dos melhores filmes do ano, sem dúvida.

~ por Tommy Beresford em maio, 22 2008.

3 Respostas to “[Resenhas] Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal”

  1. Brilhante atuação como sempre de Harrison Ford, Cenário perfeito, fotografia impecável,efeitos especiais deixou um pouco a desejar no final com algumas falhas. O roteiro um pouco confuso juntamente com a aparição que deve ter saido da cabeça do Spielberg

  2. Gostei. Um Indiana Jones legítimo com todos os ingredientes que fizeram o sucesso como vc comentou.
    Bjs!

  3. adorei as resenhas!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: