[Resenhas] Nine

Indicado a 4 Oscars e com um elenco estelar (só no elenco principal, há vencedores de 7 Oscars entre 18 indicações em anos anteriores), a propaganda de “Nine” prometia um grande filme. Mas a produção de Rob Marshall ficou no meio do caminho.

Não que seja um filme ruim: não é. Mas no final das contas o espectador só percebe que pode se empolgar com o filme na… cena final ! Sim, há boas cenas musicais com Judi Dench e Fergie, mas há mais erros que acertos. A bela e talentosa Kate Hudson entrou no primeiro caso: sua cena principal, tão alardeada nos trailers e até em algumas críticas, curiosamente não tem o que chamo frequentemente de “poder de fogo”, até porque Hudson, dançando, fica bem aquém das bailarinas que a acompanham — tudo parece meio asséptico. Por sinal, a presença de sua personagem no filme também é absolutamente dispensável e, para um filme passado na década de 60, Kate Hudson tem a cara do século 21.

Daniel Day-Lewis interpreta o papel mais fraco de sua carreira, e poderíamos ter sido poupados de assisti-lo cantando (mal). Neste quesito, estão bem Fergie (como era de se esperar), Nicole Kidman (que já mostrou em Moulin Rouge que sabe cantar), uma surpreendente Penélope Cruz (será que é ela mesmo cantando ? Segundo este vídeo, canta sim) e Marion Cottilard, que protagoniza a melhor cena do filme. Pena que as músicas, gravadas em estúdio, nem sempre acompanhem as bocas dos artistas, um pecado fatal num filme tão caprichado.

As duas últimas citadas acima são mesmo o que se salva do filme. Mesmo que não ganhe o Oscar, Penélope merece a indicação, cada vez mais madura mesmo sendo uma espanhola em meio a um filme americano passado na Itália. Mas é Marion Cottilard, com talento transbordando em cada olhar, palavra ou caminhada, quem realmente brilha em “Nine”. Difícil tirar os olhos dela. Vale também menções para as participações pequenas mas corretas de Nicole Kidman e da diva Sophia Loren. Não perca também as cenas de bastidores no início dos créditos.

~ por Tommy Beresford em fevereiro, 04 2010.

5 Respostas to “[Resenhas] Nine”

  1. Tens razão Tommy! “Nine” não é ruim mesmo [é agradável aos olhos – seu belo elenco feminino – tecnicamente é muito bem feito], mas não emociona, não envolve por completo o espectador. Até acho que se fosse narrado de forma tradicional o filme seria melhor, afinal, Day-Lewis pode não saber cantar mas tem talento de sobra para expressar toda a angústia de seu personagem, e Marion Cotillard é a melhor coisa do filme. Maravilhosa! Penelope está bem [seu número é puro tesão] e nos far rir, mas era ela quem deveria e merecia ser indicada ao Oscar! Abs!

  2. Sou fã dos musicais. Mesmo os ruins, fica a marca do estilo de hollywood e isso ninguem faz igual. Nine foi uma adaptação do musical na Broadway e, como Chicago, dirigido pelo mesmo Rob Marshall, não logrou o mesmo êxito em transpor o classico 8 e 1/2, de Fellinni, para a cena musical na telona. Classicos são “imexiveis”. Resta apenas tentar rever 8 e 1/2 para enteder Nine.

  3. Devo confessar: tô doido pra assistir!

  4. quero muuuuuuuuuuuuito ver *-*

  5. Boa diversão, como costumamos dizer, mas loooonge de ser um filme ótimo, como era de se esperar.

    “Temi” por Day-Lewis no início do filme, por achar que ele não iria encarnar bem o tal diretor angustiado. Mas o filme vai passando e ele vai ficando cada vez melhor. Claro, nem de perto o protagonista de “Em nome do pai” nem o fantástico sarcasmo de “Gangues de Nova Iorque”.

    Bons números musicais com destaque para Penélope Cruz. Até Cotillard, a meu ver, esteve meio “devagar”. Ou seja: assistir somente para passar tempo…

    PS: doida pra ver “otto e mezzo”… 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: