Marco Aurélio Hamellin: Falecimento

Marco Aurélio Hamellin

Nota do Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro sobre o falecimento de Marco Aurélio Hamellin em 20.07.2021:

É com profundo pesar que o Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro informa a morte do ator e diretor Marco Aurélio Hamellin, 59 anos, que não resistiu a uma parada cardiorrespiratória resultante da Covid19 e faleceu nesta terça-feira, dia 20 de julho. O talentoso artista é mais uma vítima de um governo genocida que continua a desprezar a violência da pandemia.

Criativo, genial, brilhante, com a alma do mais nobre espírito circense, Hamellin foi premiado pelo Troféu Mambembe de melhor ator, uma das mais importantes premiações do teatro brasileiro. Criou a Companhia de Emergência Teatral, com um elenco talentoso que realizava peças e as esquetes (cenas breves do gênero de humor) do Sindicato, sempre com uma crítica política afiada e bem-humorada.

Dirigiu peças relevantes, como “A Prostituta Respeitosa”, escrita por Jean-Paul Sartre na década de 40; “Os Men The Sá”, que contou com a direção musical de Celso Branco e “Pobre Menina Rica – uma cantata”, inspirada no musical de Carlos Lyra e Vinícius de Moraes. Como ator participou, sempre de forma singular, de peças como “Nicolau Grande e Nicolau Pequeno”, do autor dinamarquês Hans Christian Andersen, criador do clássico infantil “O Patinho Feio”, além de “Casa de Cômodos”, “O Tempo”, “As confusões de João Minhoca” e tantas outras obras nos palcos do país.

Dirigiu e foi quem tomou a iniciativa de trazer o sambista mangueirense Nelson Sargento para se apresentar no Sindicato. Numa conversa recente com um jornalista falava, com indignação, de artistas brilhantes que nunca tiveram o verdadeiro reconhecimento da grande mídia que mereciam. Não falava de si. Mas Hamellin certamente foi um deles, de um Brasil que em tempos sombrios e mais do que nunca, não dá valor a arte e a cultura nacionais. Fará uma falta profunda: o artista e a pessoa humana.

A nota foi divulgada aqui.

Homenagem do Memorial Municipal Getúlio Vargas, onde Hamellin organizava, entre outros eventos, o inesquecível Sarau do Getúlio, com grupos vocais e corais do Rio de Janeiro:

É com imenso pesar que recebemos a notícia do falecimento do ator, diretor e produtor Marco Aurélio Hamellin, quem nos presenteou com sua amizade e parceria ao longo das memoráveis edições do Sarau do Getúlio. Manifestamos nossos sentimentos a todos os familiares e amigos deste grande profissional e ser humano. Deixará muitas saudades. Descanse em paz.

~ por Tommy Beresford em julho, 21 2021.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: