Roxy, Copacabana: O fim de uma era

A notícia já tinha de certa forma sido “adiantada” em 01.06.2021…

Roxy, Copacabana: Será o fim?

Agora, o fechamento do Roxy, tradicional cinema de Copacabana, zona sul do Rio, é definitivo…

Certamente um marco cinematográfico da história do Rio de Janeiro, o Cine Roxy, em Copacabana, na Zona Sul da capital fluminense, é mais uma das vítimas da crise econômica ocasionada pela pandemia de Covid-19 e encerrará definitivamente suas atividades. A informação é do jornalista Ancelmo Gois, do ”O Globo”.

Após meses fechado devido à pandemia, o cinema voltou a funcionar em outubro de 2020, mas optou por paralisar as atividades novamente em dezembro, informando que só retornaria após grande parte da população estar vacinada contra o Coronavírus. Essa ideia, porém, ao que tudo indica, não mais acontecerá. O imóvel em estilo Art Déco tem cerca de 2,5 mil metros quadrados e já está sendo ofertado para venda por aproximadamente R$ 30 milhões.

Leia mais clicando aqui.

Leia também:
Adeus, Roxy: joia art déco, cinema de Copacabana fecha para sempre
Sessões vazias em cinemas do Brasil mostram que só vacinação em massa salvará o setor

Na íntegra, a nota oficial do IRPH sobre o tombamento do imóvel ocupado pelo Cine Roxy:

”O Instituto Rio Patrimônio da Humanidade informa que o imóvel situado na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, nº 945 A, onde fica o Cinema Roxy, foi tombado pelo município pelo decreto Nº 22.773, de 03 de abril de 2003. O tombamento levou em conta o fato de o antigo cinema representar um marco referencial na cultura cinematográfica da cidade e a importância arquitetônica original, marco da arquitetura e engenharia modernas na cidade do Rio de Janeiro.

Estão incluídos no tombamento, de acordo com o decreto, todos os pilares da entrada, voltados para a Avenida Nossa Senhora de Copacabana e Rua Bolívar; o letreiro externo sobre a entrada; a galeria de entrada com as esquadrias, pisos, escadaria, corrimãos, luminárias originais e seus materiais de revestimento; o jirau da entrada com sua forma, seus corrimãos, luminárias originais e revestimentos; e a cúpula de concreto que encima as salas de projeção. Estes elementos arquitetônicos não podem sofrer modificações porque são tombados.

Lembramos ainda que o tombamento é do imóvel e de seus elementos arquitetônicos, não de seu uso. Todavia, quaisquer obras ou intervenções no local têm que ser previamente orientadas e analisadas pelo IRPH e submetidas à aprovação do Conselho Municipal de Proteção do Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro.”

Update 17.06.2021 – Essa história ainda vai render…
Roxy, Copacabana: Novos capítulos de uma novela

Veja também, com fotos para não esquecer:
[Cinemas Antigos] Roxy (Copacabana, RJ)
[Cinemas Antigos] Cinemas de Copacabana, RJ

Um dos últimos registros do Roxy em vídeo, abrindo um vídeo de música vocal lançado em 04.06.2021, poucos dias antes da notícia, um arranjo desenvolvido e gravado durante a pandemia pelo grupo vocal Pé na Rua, do Rio de Janeiro…

~ por Tommy Beresford em junho, 08 2021.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: