Emílio Di Biasi (1939-2020)

Emilio Di Biasi

De acordo com o blog de Miguel Arcanjo Prado, morreu aos 81 anos o ator e diretor Emílio Di Biasi, grande nome do teatro, cinema e televisão:

Ele nasceu na capital paulista, em 29 de maio de 1939. O artista sofria do mal de Alzheimer desde 2012 e estava radicado em Recife, onde foi cuidado até o fim por uma irmã.

O ator faz parte da história do teatro brasileiro e foi um dos fundadores do grupo Decisão. Esteve no elenco da lendária peça Cordelia Brasil, quando foi espancado pelos militares ao lado de Norma Bengell, sequestrada durante uma sessão no Teatro de Arena.

Nos últimos anos antes do Alzheimer, tornou-se fiel frequentador da cena teatral da praça Roosevelt, no centro da capital paulista, tornando-se amigo de Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, da Cia. de Teatro Os Satyros – ele sempre podia ser visto no bar do Espaço dos Satyros e encenou peça no Espaço dos Satyros Dois.

Como ator de novelas, estreou na Bandeirantes, em Um Homem Muito Especial, de 1980. Em 1981, ainda na Band, foi escalado para Os Adolescentes. No mesmo ano fez, na TV Cultura Floradas na Serra. Depois, voltou à Band no elenco de Os Imigrantes, de Benedito Ruy Barbosa. Em 1982, na Band ainda fez Ninho de Serpentes.

Passou anos depois para a Globo e em 1990 fez Gente Fina. Em 95, ainda na Globo, participou do seriado adolescente Malhação. E em 2009, fez na TV Cultura a minissérie Trago Comigo.

Como diretor de televisão, desde 1992, na TV Globo, Emílio di Biasi dirigiu grandes novelas e séries como Renascer, Anjo Mau, Os Maias, Esperança, O Rei do Gado e Araguaia, entre outros trabalhos.

Leia mais clicando aqui.

No blog Memórias Cinematográficas:

Foi somente na década de 80, já consolidado nos palcos, que ele retornou a televisão, trabalhando como ator na novela Drácula, Uma História de Amor (1980). A novela inicialmente era exibida na TV Tupi, mas não teve final devido ao fechamento da emissora, e foi refeita na Bandeirantes como nome de Um Homem Muito Especial (1980). na emissora também atuou em obras como os Imigrantes (1981), Os Adolescentes (1981) e Ninho da Serpente (1982). Também atuou na TV Cultura em Floradas na Serra (1982).

No cinema, atuou em Força Estranha (1983), Filme Demência (1986), que lhe rendeu um Kikito de Melhor Ator Coadjuvante no Festival de Cinema de Gramado, Anjos do Arrabalde (1987), Alma Corsária (1993), Insolação (2009), Trago Comigo (2013) e Primavera (2018).

Leia mais clicando aqui.

~ por Tommy Beresford em setembro, 27 2020.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: