Campo Grande, MS: Ciclo de Cinema Brasileiro Contemporâneo 2020

Começa no dia 19 de fevereiro de 2020, quarta-feira, às 19 horas, o Ciclo de Cinema Brasileiro Contemporâneo, no auditório do Museu da Imagem e do Som de Mato Grosso do Sul:

Realizado em parceria com o Curso de Audiovisual da UFMS, o Ciclo terá uma exibição mensal, durante o primeiro semestre de 2020. A curadoria é dos professores Júlio Carlos Bezerra e Vitor Zan.

O Ciclo se inicia com a exibição do filme “Branco sai, preto fica”, com direção de Adirley Queirós. O filme cria suas imagens e sons a partir de uma história trágica: dois homens negros, moradores da maior periferia de Brasília, ficam marcados para sempre graças a uma ação criminosa de uma polícia racista e territorialista da Capital Federal. Essa polícia invade um baile black. Tiros, correria e a consumação da tragédia: um homem fica para sempre na cadeira de rodas, o outro perde a perna após um cavalo da polícia montada cair sobre ele. Mas esses homens não se sentem confortados em contar a história de maneira direta e jornalística. Eles querem fabular, querem outras possibilidades de narrar o passado, abrindo para um presente cheio de aventuras e ressignificações, propondo um futuro.

Leia mais a respeito clicando aqui.

O MIS fica no Memorial da Cultura e da Cidadania, na avenida Fernando Correa da Costa, 559 Centro, Campo Grande, MS, terceiro andar. Telefone: (67) 3316-9178.

~ por Tommy Beresford em fevereiro, 16 2020.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: