César 2019/2020: Polêmicas e demissões às vésperas da premiação

De acordo com o UOL, todo o conselho de administração da Academia dos Césars, o “Oscar do cinema francês”, anunciou em 13.02.2020 a demissão coletiva de todos os seus membros, 15 dias antes da edição de 2020 da cerimônia, marcada pela polêmica em torno das 12 indicações do cineasta franco-polonês Roman Polanski e muitas críticas à gestão da instituição:

Todo o conselho de administração da Academia dos Césars, o “Oscar do cinema francês”, anunciou na quinta-feira (13) a demissão coletiva de todos os seus membros. O ato é registrado a 15 dias da edição de 2020 da cerimônia, marcada pela polêmica em torno das 12 indicações do cineasta franco-polonês Roman Polanski e muitas críticas à gestão da instituição.

“Para honrar aquelas e aqueles que fizeram cinema em 2019, para encontrar a serenidade e fazer com que a festa do cinema continue sendo uma festa, o conselho administrativo da Associação para a Promoção do Cinema decidiu pedir demissão por unanimidade”, indica o comunicado divulgado pela entidade, presidida desde 2003 pelo produtor Alain Terzian. “Esta demissão coletiva permitirá que seja feita a renovação completa da direção”, acrescenta a mensagem.

No total, 21 membros deixaram a diretoria da organização, entre eles os cineastas Costa-Gavras, Claude Lelouch e Tonie Marshall.

Leia mais clicando aqui.

~ por Tommy Beresford em fevereiro, 15 2020.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: