Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2019: Vencedores

A premiação aconteceu em 14.08.2019:

Melhor Longa-metragem de Ficção
– Benzinho, de Gustavo Pizzi

Melhor Direção
– Gustavo Pizzi por Benzinho

Melhor Ator
– Stepan Nercessian como Chacrinha por Chacrinha: O Velho Guerreiro

Melhor Atriz
– Karine Teles como Irene por Benzinho

Melhor Atriz Coadjuvante
– Adriana Esteves como Sônia por Benzinho

Melhor Ator Coadjuvante
– Matheus Nachtergaele como Luciano por O Nome da Morte

Melhor Roteiro Adaptado
– Carlos Diegues e George Moura inspirado no poema O Grande Circo Místico, de Jorge de Lima por O Grande Circo Místico

Melhor Roteiro Original
– Karine Teles e Gustavo Pizzi por Benzinho

Melhor Trilha Sonora Original
– Elza Soares e Alexandre Martins por My Name is Now, Elza Soares

Melhor Trilha Sonora
– Zeca Baleiro por Paraíso Perdido

Melhor Longa-Metragem de comédia
– Minha Vida em Marte, de Susana Garcia

Melhor Curta-Metragem de Ficção
– O órfão de Carolina Markowicz

Melhor Curta-Metragem de Documentário
– Cor de pele de Livia Perini

Melhor Curta-Metragem de Animação
– Lé com cré de Cassandra Reis

Melhor Figurino
– Kika Lopes por O Grande Circo Místico

Melhor Maquiagem
– Catherine Leblanc Caraes e Emmanuele Fèvre por O Grande Circo Místico

Melhor Direção de Fotografia
– Gustavo Hadba, ABC, por O Grande Circo Místico

Melhor Direção de Arte
– Artur Pinheiro por O Grande Circo Místico

Melhor Montagem Ficção
– Livia Serpa por Benzinho

Melhor Montagem Documentário
– Gustavo Ribeiro e Rodrigo de Oliveira por Todos os Paulos do Mundo

Melhor Longa-Metragem Estrangeiro
– Infiltrado na Klan/ Blackkklansman (EUA), dirigido por Spike Lee

Melhor longa-metragem Ibero-Americano
– Uma noite de 12 anos /La Noche de 12 Años (Argentina, Espanha, Uruguai), dirigido por Álvaro Brechner

Melhor Efeito Visual
– Marcelo Siqueira, ABC e Thierry Delobel por O Grande Circo Místico

Melhor Som
– Jorge Saldanha, Armando Torres Jr., ABC, Alessandro Larica, Eduardo Virmond Lima e Renan Deodato por Chacrinha: O Velho Guerreiro

Melhor Longa-Metragem Infantil
– “Detetive do Prédio Azul 2 – O mistério italiano”, de Viviane Jundi

Melhor longa-metragem documentário
– Ex-Pajé, de Luiz Bolognesi

Melhor série brasileira de animação, de Produção Independente, para TV fechada ou plataforma Ott
– Irmão do Jorel, produzido por Copa Studio

Melhor série brasileira documentário, de Produção Independente, para TV fechada ou plataforma Ott
– Inhotim – Arte Presente, produzido por Camisa Listrada e Quarteto Filmes

Melhor série ficção, de Produção Independente, para TV fechada ou plataforma Ott
– Escola de Gênios – 1° Temporada, produzido por Mixer

Menção Honrosa / Melhor Longa-Metragem de Animação
– Peixonauta, o Filme – dirigido por Celia Catunda, Rodrigo Eba e Kiko Mistrorigo
(Único longa-metragem de animação lançado ano passado no Brasil)

Voto Popular / Melhor Longa-Metragem Estrangeiro
– Nasce uma estrela (EUA), dirigido por Bradley Cooper.

Voto Popular / Melhor longa-metragem Ibero-Americano
– Uma noite de 12 anos /La Noche de 12 Años (Argentina, Espanha, Uruguai), dirigido por Álvaro Brechner

Voto Popular / Melhor longa-metragem documentário
– My Name Is Now: Elza Soares, de Elizabete Martins Campos

Voto Popular / Melhor longa-metragem de ficção
– Chacrinha – O Velho Guerreiro, de Andrucha Waddington

~ por Tommy Beresford em agosto, 15 2019.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: