Doris Day (1922-2019)

Doris Day

De acordo com o portal G1, Doris Day, a grande e popular atriz e cantora americana de tantos filmes inesquecíveis, morreu aos 97 anos:

Segundo a fundação que leva o nome da artista, ela morreu na manhã desta segunda-feira (13) em sua casa em Carmel Valley, no estado americano da Califórnia. Ela estava cercada por amigos e família.

Doris Mary Ann Kappelhoff nasceu em 1922 na cidade americana de Cincinnati, filha de um professor de música e uma dona de casa. Ela atuou em filmes famosos nos anos 50 e 60, como “Ama-me ou esquece-me” (1955), “Volta meu amor” (1961) e “Confidências à Meia-noite” (1959), pelo qual foi indicada ao Oscar.

Em 1989, ela ganhou o prêmio especial do Globo de Ouro, chamado Cecil B. DeMille, pela sua carreira. Também venceu três vezes o Globo de Ouro, na categoria atriz favorita do cinema mundial. Em 2004, foi condecorada pelo então presidente americano George W. Bush com a Medalha Presidencial da Liberdade, a honraria civil mais importante dos EUA.

Com sorriso, simpatia e cabelos loiros, a atriz foi estrela de sucessos de bilheteria. Também gravou músicas como “Whatever Will Be, Will Be (Que Sera, Sera)”, trilha de “O Homem que Sabia Demais” (1956). Ela também atuou no filme dirigido por Alfred Hitchcock.

Leia mais clicando aqui.

No Wikipedia:

Doris Day nasceu em Cincinnati em 03 de abril de 1922. No cinema, seu primeiro sucesso foi em Romance em Alto-Mar de 1948, seguido por uma série de filmes financeiramente bem sucedidos, incluindo musicais, comédias e dramas. Day desempenhou o papel principal em Ardida como pimenta (1953) e estrelou O Homem Que Sabia Demais (1956) de Alfred Hitchcock com James Stewart. Seus filmes mais conhecidos são as comédias Confidências à Meia-Noite (1959) e Eu, Ela e a Outra (1963), respectivamente. Depois de 1968, ela passou a estrelar na comédia da CBS The Doris Day Show (1968-73).

Doris Day

Entre seus prêmios, Day recebeu o Grammy Lifetime Achievement Award e um Legend Award da Society of Singers. Em 1960, foi nomeada para o Oscar de Melhor Atriz, e, em 1989, recebeu o Prêmio Cecil B. DeMille por sua contribuição ao mundo do entretenimento. Em 2004, foi premiada com a Medalha Presidencial da Liberdade pelo Presidente George W. Bush, seguida em 2011 pelo Achievement Award da Los Angeles Film Critics Association.

Foi casada quatro vezes e teve um filho, Terry Melcher, que faleceu em 2004. Desde a morte dele, Doris leva uma vida reclusa e solitária, dedicando-se exclusivamente à proteção de animais na Doris Day Pet Foundation, trabalho que vem realizando há várias décadas.

Mais em
https://pt.wikipedia.org/wiki/Doris_Day

Leia também:
Doris Day: A cantora, muito além da atriz

Ficha da atriz no IMDB:
https://www.imdb.com/name/nm0000013/

Posts antigos do Cinema é Magia:
Onde estavas quando as luzes se apagaram ? [Novembro de 2009]
Doris Day: De volta em disco [Junho de 2011]
[Cineclube DVD] Semana de 31.03 a 06.04.2012 – Confidências à Meia-Noite [Abril de 2012]

~ por Tommy Beresford em maio, 13 2019.

Uma resposta to “Doris Day (1922-2019)”

  1. Obrigado Doris, O Mundo Te Ama!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: