Lucio Mauro (1927-2019)

Lucio Mauro

De acordo com o UOL, o ator e comediante Lúcio Mauro morreu na noite de 11.05.2019, aos 92 anos, no Rio de Janeiro:

Ele estava internado havia quatro meses na clínica São Vicente, com problemas respiratórios. Lúcio Mauro Filho comunicou a morte do pai em seu perfil no Instagram. Ele contou que o comediante “lutou até suas últimas forças” e “merecia esse descanso”.

(…) Um dos grandes nomes do humor brasileiro, Lúcio de Barros Barbalho nasceu em Belém (PA) em 14 de março de 1927. Ele iniciou sua carreira profissional em Recife (PE), na companhia teatral do ator Mário Salaberry, após anos atuando em produções estudantis. Após a morte de Salaberry, em um trágico acidente ocorrido quando os atores viajavam em direção ao Rio, Lúcio retornou ao Recife, onde conheceu o comediante Barreto Júnior, com quem trabalhou no teatro.

O velório de Lúcio Mauro será realizado em 13.05.2019, a partir das 9h, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, e será aberto ao público.

Leia mais clicando aqui.

Duas gerações

No portal G1:

Em 1966, Lúcio Mauro estreou na Globo, no humorístico “TV0–TV1”, ao lado de Jô Soares, Agildo Ribeiro, Paulo Silvino e outros, sob direção de Augusto César Vannucci.

Dois anos depois, criou e dirigiu na Globo o humorístico “Balança Mas Não Cai” (1968), escrito por Max Nunes e Haroldo Barbosa, e transmitido, ao vivo, até 1971.

O programa tinha o quadro Ofélia e Fernandinho, estrelado por Lúcio e Sônia Mamede (1936-1990). (…)

Trabalhou no musical “Viva a Revista!” (1969) e foi ator e diretor do programa de humor “Uau, a Companhia” (1972). Quando “Balança Mas Não Cai” foi para a TV Tupi, nos anos 1970, ele acompanhou os colegas do programa e deixou a Globo por um tempo.

Voltou para integrar o elenco de “Chico City” no final da década. Ficou marcado como Da Julia, o diretor do ator canastrão Alberto Roberto, interpretado por Chico Anysio. Em seguida, voltou a dirigir e atuar na nova versão de “Balança Mas Não Cai” (1982) na Globo, sendo também diretor de “A Festa é Nossa”, semanal que tinha como cenário fixo a cobertura de Ofélia e Fernandinho.

Leia mais clicando aqui.

~ por Tommy Beresford em maio, 12 2019.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: