[Por Onde Andam] Boletes, as dançarinas do Clube do Bolinha

“Bo, Bo, Bo, Bolinha / está na hora de você entrar na linha”… este é um trecho do jingle de abertura do estranho mas inesquecível “Clube do Bolinha”…

No site Hipersessão em maio de 2010:

Bolinha começou na TV Excelsior por acaso. Antes de participar de algumas transmissões televisivas, Bolinha foi feirante, engraxate e balconista. Depois de um desentendimento de Chacrinha com os diretores da Excelcior, Bolinha foi convocado as pressas para substituir o Velho Guerreiro e para a surpresa de todos conquistou mais audiência que seu antecessor. A la Chacrinha, Bolinha esticava as palavras, apresentava quadros de novos talentos e claro, tinha as suas Boletes como Chacrinha, que tinha um belo elenco de meninas de biquíni e as batizava de Chacretes.

Elas foram idolatradas por uma geração e quando apareciam na tevê com seus maiôs pra lá de sensuais, o povo ia ao delírio.

Cada uma tinha um apelido em especial. Eram batizadas e escolhidas pessoalmente por Edson Cury, popularizado como Bolinha.

Zulu, a Bolete que não ria

Zulu, a Bolete que não ria

Na mesma época, o site OFuxico foi atrás para saber o paradeiro das mais famosas assistentes de Bolinha:

Sandra Lee = Sandra Alves de Souza já trabalhava como modelo antes de trabalhar como Bolete e ganhou o sobrenome depois de uma seção de fotos para a revista Homem, na época principal concorrente da Playboy. Ao assistir o Clube do Bolinha, na Band em 85, Sandra viu uma amiga que dançava no programa e não hesitou para pedir que a apresentasse quando houvesse uma vaga. (…)

Zulu = Tímida, é assim que podemos resumir Zulu, a Bolete que não ria. Cleusa conheceu Bolinha aos 14 anos e de lá só saiu quando o apresentador teve que seu ausentar para tratar-se de um câncer no intestino.

Perseguida por muitos cantores que a tentaram fazer sorri, Zulu nunca dava o braço a torcer nem mesmo quando Genival Lacerda ou mesmo Sergio Mallandro, presenças frequentes no programa tentavam arrancar um mínimo sorriso.

Matéria de 2016:

A ex-dançarina e assistente de palco Raquel Coelho recebeu uma ajuda de custo no valor de R$ 5 mil para finalizar a construção de sua casa. Raquel é ex-chacrete e ex-bolete e trabalhou ao lado de apresentadores de grande sucesso nos anos 1980, como Chacrinha, na Globo, e Bolinha, na TV Bandeirantes. A sua história de vida foi revelada pelo programa “Domingo Show”, de Geraldo Luís, na Record. A ex-chacrete passou por dificuldades financeiras e decidiu recomeçar a sua vida, e conseguiu emprego como vigia de uma escola, em São Paulo. Ainda assim, Raquel ainda recebe apoio de amigos para sobreviver.

Leia mais clicando aqui.

Raquel foi motivo de post aqui no Cinema é Magia em janeiro de 2016:

Raquel Coelho: Ex-chacrete perde tudo e recebe ajuda na TV

No site Anos80 em matéria de setembro de 2013:

(…) o público também tinha como opção assistir ao Clube do Bolinha, programa de auditório exibido nas tardes de sábado pela Rede Bandeirantes. Apresentado por Édson Cury, popularmente conhecido como Bolinha, o programa estreou em 1974, ficando até 7 de maio de 1994 quando a emissora paulista tirou o programa do ar. Era um dos líderes de audiência da emissora, tendo alcançado oito pontos no Ibope.

(…) Uma das marcas registradas do programa eram as “Boletes”, as dançarinas e ajudantes de palco que trabalhavam no programa. Elas não chegaram a ser tão famosas quanto as Chacretes, porém também mexiam com o imaginário do público masculino que assistia ao programa. Uma delas, porém, se destacava das outras: era a Zulu, a dançarina brava, que nunca sorria e estava sempre de cara amarrada. A bailarina Loraina também teve mais destaque.

A ex-bolete Zulu é tema do programa Domingo Show, da Rede Record, em 22.07.2018:

Domingo Show revela por que a dançarina Zulu, que ganhou popularidade nos anos 1980 e 1990 por integrar o elenco do Clube do Bolinha, não aparecia sorrindo nas gravações.

Saiba mais clicando aqui. Site do Domingo Show:

http://entretenimento.r7.com/domingo-show

Zulu transformada

Zulu transformada

~ por Tommy Beresford em julho, 21 2018.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: