Antonio Candido (1918-2017)

Antonio Candido

Antonio Candido

De acordo com o portal G1, o crítico literário e sociólogo Antonio Candido morreu em São Paulo na madrugada de 12.05.2017 aos 98 anos. A informação foi confirmada pela Faculdade de Filosofia e Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo, onde ele deu aulas no curso de Letras e era professor emérito. Antonio Candido foi casado com Gilda de Mello e Souza, professora de Estética no Departamento de Filosofia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Foi vencedor do Prêmio Jabuti (em 1965 e 1993), do Prémio Machado de Assis (1993), do Prémio Camões (1998) e do Prêmio Juca Pato (2007):

Antonio Candido de Mello e Souza foi um dos mais importantes críticos literários brasileiros. Ele nasceu no Rio de Janeiro, em 24 de julho de 1918, filho do médico Aristides Candido de Mello e Souza e de Clarisse Tolentino de Mello e Souza.

Na infância, não estudou em escolas e foi educado em casa tendo a mãe como professora. Ainda criança, ele se mudou para Poços de Caldas (MG), e depois para São João da Boa Vista, no interior de São Paulo. Também viveu na França, entre 10 e 12 anos.

Em 1937, iniciou os cursos de Direito e de Ciências Sociais na Universidade de São Paulo (USP). Quatro anos depois, ele se formou em Ciências Sociais.

Iniciou a carreira como crítico literário nos anos 40, tendo escrito para jornais como “Folha da Manhã”, “Diário de S. Paulo” e “O Estado de S. Paulo”.

Tornou-se livre-docente de literatura brasileira em 1945 e doutor em ciências em 1954. Em 1974, passou a ser professor titular de teoria literária e literatura comparada da USP, cargo em que se aposentou em 1978.

Leia mais clicando aqui.

Falecida em 25 de dezembro de 2005, sua esposa Gilda era filha de um primo do escritor Mário de Andrade, com quem conviveu na mesma casa por 12 anos e cuja obra ela estudou, especialmente em O Tupi e o Alaúde. Candido deixa três filhas: Ana Luísa Escorel e as também professoras de História da USP Laura de Mello e Souza e Marina de Mello e Souza, além da neta Laura Escorel.

cinemagia.wordpress.com

No Wikipedia:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Antonio_Candido

~ por Tommy Beresford em maio, 12 2017.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: