Festival de Tiradentes 2017: Vencedores

De acordo com o portal FilmeB, as mulheres brilharam como vencedoras na maior parte das categorias principais do Festival de Tiradentes 2017, cuja premiação aconteceu na noite de 28.01.2017:

Na mostra Aurora, que revela novos talentos entre filmes inéditos, venceu o mineiro Baronesa, de Juliana Antunes, sobre duas amigas que vivem na periferia de Belo Horizonte – uma que quer se mudar e outra que espera a volta do amigo preso. O filme levou o Prêmio do Júri da Crítica (R$ 35 mil) e um novo prêmio, o Helena Ignez, que foi para algum destaque feminino do festival – a diretora de fotografia do longa, Fernanda de Sena, segundo o júri “uma rara mulher a exercer tal função”.

Em dez anos de mostra Aurora, esta foi apenas a segunda vez que uma diretora venceu o maior prêmio da seção – a primeira foi com o documentário Meus dias com ele, de Maria Clara Escobar, em 2013.

Pitanga, documentário de Camila Pitanga e Beto Brant sobre o pai da atriz, Antônio Pitanga, venceu o Prêmio do Público de melhor longa. Certamente contou para o prêmio a presença da atriz, que foi lançar o filme no festival e frequentou debates de outros filmes no evento.

Leia mais clicando aqui.

~ por Tommy Beresford em janeiro, 29 2017.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: