Andrea Tonacci (1944-2016)

Andrea Tonacci

Andrea Tonacci

De acordo com o Globo Online, o cineasta Andrea Tonacci, um dos principais nomes do cinema marginal brasileiro, morreu em 16.12.2016 vítima de câncer no pâncreas:

Tonacci nasceu em Roma, na Itália, em 1944, e se mudou com a família para São Paulo aos 10 anos. Fez sua estreia no cinema com “Olho por olho” (1966), curta-metragem realizado na mesma época, e com a mesma equipe, de “Documentário”, de Rogério Sganzerla, e “O pedestre”, de Otoniel Santos Pereira.

Seu primeiro longa-metragem, “Bang-bang” (1971), com Paulo Cesar Pereio, se tornou um marco do cinema marginal brasileiro. Em meio à ditadura militar, teve exibição restrita a cineclubes no Brasil, mas acabou escolhido para a prestigiada Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes.

No final da década de 1970, já se aproximando da linguagem documental, começa a tratar temas sobre a cultura indígena, dirigindo filmes como “Guaranis do Espírito Santo” (1979), “Os Araras” (1980) e “Conversas no Maranhão” (1977-83).

Leia mais clicando aqui.

Ficha do diretor no IMDB:
http://www.imdb.com/name/nm0867104/

~ por Tommy Beresford em dezembro, 17 2016.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: