Gretchen: O caso do filho desaparecido

Gretchen

Gretchen

Além de Thammy Miranda, Sérgio, Gabriel, Giulia e Valentina, Gretchen tem outro filho biológico, hoje com 30 anos. O rapaz é fruto do terceiro casamento da cantora, com Décio Nascimento, e não tem convívio com a mãe porque, segundo o jornal Extra, foi afastado da artista pelo pai:

Em seu canal no Youtube, ela narrou essa grande ferida do passado e contou que foi obrigada a abandonar o bebê após decidir romper o relacionamento.

“Ele arrumou uma maneira de tirar o meu filho. Eu nunca mais vi o meu filho. Ele chegou com uma arma e disse que eu tinha que passar a guarda do meu filho pare ele, senão ele ia sumir com o meu filho. Eu não queria que ele tirasse a vida do meu filho e assinei o papel (passando a guarda da criança). Fiquei sem o meu filho. Ele não deixou eu falar com o meu filho, rasgava as cartas que eu mandava pra ele, arrancava ele do telefone, e nunca mais deixou eu ver o meu filho. O pai tirou ele de mim”, conta ela.

O episódio aconteceu há cerca de 30 anos, quando Gretchen resolveu terminar o casamento por conta das agressões domésticas que afirma ter sofrido do marido. A rainha do rebolado contou que foi espancada diariamente por um ano e meio e até ameaçada de morte pelo então companheiro.

“Ele era um gentleman, chiquérrimo e eu nunca imaginei que ele era um homem agressivo. Eu era agredida e espancada todos os dias. Às vezes, minha mãe chegava em casa, eu estava com marca na cabeça e no corpo, e ele dizia que se eu contasse, eu apanharia mais. Aí eu dizia que tinha caído e batido a cabeça na porta”, narra ela, que continua:

“Eu apanhava por qualquer motivo. E ele não tinha nenhum problema de bebida. Me batia porque era psicopata. Eu vivia numa gaiola de ouro, porque ele realmente tinha muito dinheiro. Estava com um filho pequeno. Ele dizia que se eu largasse dele, ele me matava”.

A artista disse que foi coagida com uma arma e acabou assinando um documento concordando que a guarda ficasse com o pai.

“Numas dessas, eu disse que ia embora, e ele encostou um revólver no meu pescoço e disse que mataria eu e o meu filho. Até que um dia em consegui fugir, sozinha, e passar uns bons meses sem ele me encontrar, e contei para a imprensa que eu tinha terminando o meu casamento”.

Mas todo esse sofrimento está a um passo de um final feliz. A mãe de Thammy contou que conseguiu contato com o filho e que pretende reencontrá-lo depois de todos esses anos.

“Hoje o meu filho está casado, e agora eu posso contar essa história. Ele sabe que essa história é verdadeira. Agora eu vou poder reencontrar o meu filho. Em dezembro, ele vai vir na minha casa (em Paris) com a mulher dele, para eu reencontrá-lo depois de todos esses anos”, festeja.

No vídeo que tem mais de 14 minutos, Gretchen lembra ainda as traições que sofreu dos primeiros maridos, o cantor sertanejo Chrystian, da dupla com Ralf, e do delegado Silva Neto, pai do primogênito Thammy.

Sarita Catatau

Sarita Catatau

“Nunca gostei de casar várias vezes, de ter trocado de pessoas e desfeito minha família, mas, às vezes as coisas não acontecem do jeito que a gente quer. Quando eu me separei pela primeira vez, do cantor Chrystian, foi porque eu fui traída dentro da minha casa. Ele teve um relacionamento com uma das chacretes chamada Sarita Catatau”, relembra.

Chacretes, vale lembrar, são uma obsessão dos googlenautas…

Chacretes: Assunto recorrente no Domingo Show, agora com Rosely Dinamite
Ex-Chacretes: Fátima Boa Viagem fala de Faustão no Domingo Show
Raquel Coelho: Ex-chacrete perde tudo e recebe ajuda na TV
Chacrinha, O Musical: As novas chacretes do Velho Guerreiro no Teatro João Caetano
97 anos de Chacrinha: As chacretes antes e depois
Alô Alô Terezinha e as chacretes
Chacrinha, chacretes e muito mais
Festival do Rio 2009: Chacrinha e as chacretes em noite de emoções

Gretchen narra que sofreu uma traição ainda maior do pai de Thammy:

“Eu tive um problema de traição mais sério ainda com o pai da Thammy. Naquela época, muito jovem, eu acreditava em príncipe encantado. Acreditei que aquele relacionamento era verdadeiro. Eu viajava muito, de segunda a segunda, fazia muitos shows, trabalhava demais, fazia trinta shows por mês, e quando eu voltava para casa, era só para trocar a roupa da mala e viajar de novo. Nesse meio tempo, o pai da Thammy conheceu a Marriette no (programa do) Gugu, e teve um bom caso com ela. (…)”

Leia mais clicando aqui.

~ por Tommy Beresford em novembro, 11 2016.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: