Brasileirinhas: Clayton Nunes vence ação sobre pirataria

De acordo com o jornal A Tarde, a produtora de vídeos pornô “Brasileirinhas” ganhou na justiça uma ação que vinha movendo contra a empresa BM Vídeos:

Segundo o colunista Ricardo Feltrin, do site Uol, a parte processada foi obrigada a retirar todo o conteúdo pirateado de sites e vídeos da produtora e postado na internet.

Dono da “Brasileirinhas”, Clayton Nunes contou que a BM usava seus vídeos em um site fechado e cobrava R$ 29,90, por mês, pelo acesso aos conteúdos. Com isso, a BM alegou que o site foi feito para “ajudar” as atrizes, mas a Justiça ignorou o argumento.

Leia mais clicando aqui.

No site do jornal O Dia:

Aparentemente descontrolada, a reprodução e divulgação de filmes pornográficos sem autorização de seus autores teve um revés no final da semana passado. A Justiça de São Paulo decidiu dar ganho de causa à Brasileirinhas, principal produtora do gênero no País, em um processo em que exigia o fim do uso indevido de sua marca e seus produtos na Internet.

Assinada pela juíza Andréa de Abreu e Braga, da 10ª Vara Cível, a decisão exige a suspensão de um site que usava o nome da empresa como forma de atrair um maior nome de anunciantes à sua página.

“A autora comprovou ser detentora do registro do designativo Brasileirinhas para a execução de atividades de comunicação, publicidade e propaganda”, diz a decisão, publicada na última sexta-feira. “Cópia da presente decisão servirá como ofício a ser encaminhado pela autora ao réu, bem como ao provedor Google.”

Leia mais clicando aqui.

~ por Tommy Beresford em agosto, 03 2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: