Cláudio Cavalcanti (1940-2013)

O ator Claudio Cavalcanti, um dos grandes astros da Rede Globo nos anos 70 e 80 e intérprete de personagens marcantes em novelas como “Irmãos Coragem” e “O Feijão e o Sonho”, morreu no fim da tarde de 29.09.2013 no Rio de Janeiro:

Um dos astros da segunda temporada da série Sessão de Terapia, que estréia no dia 7 de outubro no canal a cabo GNT, Cavalcanti estava internado na UTI do Hospital Pró-Cardíaco desde a semana passada.

Claudio Cavalcanti

Claudio Cavalcanti

Ele encontrava-se sedado, com quadro de instabilidade, desde a última terça-feira, quando passou por uma cirurgia de coluna, por conta da falência de uma vértebra. Segundo o jornal O Globo, seu cardiologista e genro, Carlos Eduardo Menna Barreto, afirmou que Cavalcanti sofreu complicações cardíacas, que evoluíram para uma insuficiência renal e, a seguir, para a falência múltipla dos órgãos.

Ele tinha 73 anos e uma longa carreira no teatro, na televisão e também na política. Cavalcanti publicou cinco livros e foi vereador e deputado estadual no Rio de Janeiro, tornando-se porta-voz na luta contra os maus-tratos dos animais. Atualmente, estava à frente da Secretaria Especial de Promoção e Defesa dos Animais da Cidade do Rio.

Em Sessão de Terapia, um dos sucessos da televisão por assinatura brasileira de 2012, o ator interpreta Otávio, um empresário com Síndrome do Pânico. Ele foi convidado a estrelar a segunda temporada pelo diretor Selton Mello. Ao site do GNT, no material de divulgação da série, Cavalcanti disse que o papel era “o sonho de qualquer ator”.

– Recebo convites, mas nem sempre tenho tempo de aceitá-los – acrescentou, justificando porque tem sido menos visto na televisão desde que passou a dar maior atenção à carreira política (sua última aparição havia sido em uma novela do SBT em 2011).

Cavalcanti participou de 22 filmes e mais de 50 novelas, a maioria delas na TV Globo. Entre os papéis mais destacados da sua carreira estão o personagem Jerônimo, de Irmãos Coragem (que foi ao ar entre 1970 e 1971), e o padre Albano, de Roque Santeiro (1985-86).

A nota foi encontrada aqui.

Cláudio Cavalcanti publicou cinco livros, mesclando crônicas e exercícios poéticos. Ele ainda teve um momento da carreira como cantor. Depois de “Irmãos Coragem”, estimulado pela dramaturga Janete Clair, gravou a canção “Menina”, de Paulinho Nogueira, que fez sucesso na rádio durante os anos 1970.

Nos últimos anos, esteve fora da Globo: em 2000 fez “Marcas da Paixão” na Record, onde também esteve em “Roda da Vida” (2001). Em 2011, fez o Geraldo de “Amor e Revolução” no SBT, e em 2013 estaria na segunda temporada de “Sessão de Terapia” no canal a cabo GNT.

Site oficial:
http://www.claudiocavalcanti.com/

claudio c rosemary ClaudioCavalcanti-ReginaDuarte-capa-amiga revista-amiga-n-469-gloria-meneses-e-claudio-cavalcanti AMIGA 70 LUCIA ALVES CLAUDIO E ESPOSA

amiga-321 cavalo e carinh0026 claudio cavalcanti2 Betty-Claudio-ohqdm

claudio cavalcanti1 Rosamaria-Claudio-PaiHeroi-capa-amiga claudio cavalcanti e lucia alves AMIGA 70 CLAUDIO E LÚCIA

fulvio-rosa-claudio-carinhoso-7ceu-capa ClaudioCavalcanti-AngelaLeal-DonaXepa-capa-contigo claudio-cavalcanti-1-disco-lp-cid-stereo-capa-dupla-raro_MLB-F-234619547_6573

~ por Tommy Beresford em setembro, 30 2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: