Angelina Jolie: Bósnia cancela filmagens

De acordo com o portal G1, a Bósnia proibiu Angelina Jolie de filmar no país. A Ministra da Cultura do país exige que a atriz mude o roteiro da trama que mostraria um caso entre mulher muçulmana violentada e agressor sérvio:

As autoridades da Bósnia voltaram atrás e anularam nesta quarta-feira (13) a autorização para a gravação de um filme dirigido pela atriz americana Angelina Jolie, que ambientaria uma história de amor durante a guerra civil no país.

A decisão foi tomada após os protestos de uma associação de mulheres estupradas durante o conflito, segundo a emissora de rádio nacional BHR1.

Segundo a imprensa bósnia, “Untitled bosnian war love story” narra a história de amor entre uma mulher muçulmana violentada e seu agressor sérvio.

“Eles terão autorização, se nos enviarem um roteiro com uma história diferente da que conhecemos hoje, de acordo com as pessoas que leram o roteiro”, declarou a ministra da Cultura da Federação Croato-Muçulmana (uma das duas entidades na Bósnia), Gavrilo Grahovac.

Leia mais clicando aqui.

Leia também:
Bósnia proíbe filmagens de Angelina Jolie após protesto de vítimas de guerra

De acordo com matéria do Ego, Angelina já se organizou para passar uns tempos na capital europeia:

Ela matriculou os filhos em uma escola e exigiu que a instituição contasse com sistema de proteção aos seus filhos.

Leia mais clicando aqui.

Update 18.10.2010 – Leia também:
Angelina Jolie reconquista licença para filmar na Bósnia

~ por Tommy Beresford em outubro, 14 2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: