[Resenhas] Sex and The City 2

O divertido “Sex and The City 2” fica longe de ser tão bom quanto o primeiro filme (muito menos quanto a série de TV) justamente porque optou por uma linha mais de comédia do que propriamente de reflexão sobre o cotidiano das protagonistas. Carry Bradshaw e suas três amigas apresentam ao espectador, desta vez, situações um pouco mais superficiais e menos instigantes. Seria um bom episódio da série, mas não se sustenta com tanta excelência como um filme à altura de seu antecessor. Seja como for, diverte e faz pensar.

O fato é que os americanos têm uma visão sempre muito curiosa a respeito do que para eles se difere demais do que julgam como “correto”. De cara, o “evento” do início do filme (“evento” para não revelar do que se trata, para quem ainda não viu) é mostrado muito mais como gozação, traindo a ideia de que poderia ser visto como uma conquista dos tempos modernos (e de cabeças mais abertas), transformando-o em algo como “vamos fingir que aceitamos, enquanto no fundo criticamos e jamais aceitaremos”. Da mesma forma, ao não concordar abertamente com os costumes do Oriente Médio — em especial por meio das exacerbações de Samantha –, a produção de certa forma derrapa na velha e errônea certeza de que somente o que os americanos fazem, e do jeito que fazem, é o correto. Ainda assim, o filme, repito, faz pensar, até para que equivocadamente não esqueçamos que é preciso respeitar as diferenças e pelo menos tentar entendê-las ao invés de apenas debochar delas. No fundo, a continuação perdeu a força quando fugiu dos questionamentos mais pessoais das personagens principais e buscou os do mundo.

Julgamentos e clichês à parte, o filme agrada e causa muitas risadas com algumas cenas explicitamente engraçadas: “Sex and The City 2” acaba se mostrando uma boa comédia. Mas demora a decolar: a primeira metade tem pouco ritmo, um timing lento demais, cansativo. Com a entrada de Aidan na reta final da trama, Carry Bradshaw parecia que ia finalmente ter mais o que dizer, ainda que seus questionamentos sejam curiosamente antiquados e paradoxais demais: talvez Carry fique cada vez mais se mostre num dilema entre a mulher convencional e a prafrentex que acaba caindo nas velhas armadilhas do passado em plena Nova York do século 21… talvez os dois anos de casamento tenham fritado suas teorias e o sol das areias do deserto a tenha baratinado temporariamente (ou vice-versa)… talvez a instigante escritora novaiorquina seja no fundo uma mulher comum, com suas carências, vontades e desejos que não cabem num artigo ou num novo livro como receita de bolo para outras mulheres. Seja como for, seu lugar — e o de suas amigas — é mesmo a grande metrópole: não as tirem de lá em um terceiro filme, por favor (a propósito, parece que vai ter mesmo um “Sex and The City 3”, e ambientado em Londres…).

Embora as quatro protagonistas tenham perdido um pouco do magnetismo individual em meio a um roteiro fraco, o elenco principal está correto como sempre, até mesmo o cada vez mais careteiro Chris Noth. Já as aparições especiais causam boas surpresas, em especial a de uma inacreditável Liza Minelli (aparece aos 64 anos numa versão divertida de “Single Ladies”, de Beyoncé — dançando melhor do que cantando, por sinal), além de aparições-relâmpago de Miley Cyrus e Penelope Cruz. Destaque para a cena do karaokê e a ótima trilha sonora. Divirta-se (e se houver alguma frustração, volte correndo aos episódios da série de TV).

~ por Tommy Beresford em maio, 31 2010.

2 Respostas to “[Resenhas] Sex and The City 2”

  1. O filme é um grande equivoco. As personagens esqueceram por completo o discurso feminista e passaram para a grosseria das comedias americanas. Um grande desperdicio de recursos. Pelo andar da carruagem, talvez surja um “Sex and the City, 3D” (terceira idade)

  2. É uma pena mesmo, roteiro fraco e quase nada do brilhantismo da série. Diversão superficial com alguns bons momentos.

Deixe uma resposta para Cezar Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: