Amazônia em Chamas, de 1994, gera pedido de indenização

O site “PT na Câmara” conta que a família do sindicalista Wilson Pinheiro recebeu nesta quarta-feira, 17.03.2010, o apoio da bancada federal acreana para cobrar, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), indenização no valor de R$ 4 milhões à empresa cinematográfica Warner Bros, pelo uso de imagem e da história daquele dirigente sindical no filme “Amazônia em chamas” (1994):

Pinheiro foi morto a tiros em 21 de julho de 1980. Após a exibição de um documentário do cineasta Marcos Vicente, mostrando o surgimento do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Brasíléia, o coordenador da bancada, deputado Fernando Melo (PT-AC), propôs e foi aceito, o envio uma carta de solidariedade à família e a distribuição de cópias “a quem possa interessar”.

Após protestar contra o assassinato de Pinheiro, um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores no Acre, o então sindicalista e futuro presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva foi enquadrado pelo regime militar na extinta Lei de Segurança Nacional.

“Se 88% da floresta do Acre estão em pé, isso se deve à luta de homens corajosos que souberam resistir ao desmatamento” afirmou Melo. Entre os anos 1970 e 1980, o Acre perdeu parte dos antigos seringais para a atividade pecuária. Pinheiro e, depois Chico Mendes, lideraram “empates” contra os fazendeiros.

A ação indenizatória dará entrada no STJ no próximo dia 2 de abril. A bancada convidará entidades sindicais e movimentos sociais para acompanhar representantes da família Pinheiro durante esse ato.

Leia mais clicando aqui.

~ por Tommy Beresford em março, 18 2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: