Cinema brasileiro de graça em 2008

De Silvana Arantes na Folha Online:

Aconteceu com o cinema brasileiro em 2008 o que ninguém esperava — ele se tornou uma coqueluche. Mas essa “febre” não está registrada nos dados oficiais do mercado, que apontam em sentido oposto.

Pelas contas da Agência Nacional do Cinema (Ancine) e do Sindicato dos Distribuidores Cinematográficos — concluídas na última sexta [09.01.2009] — menos de 10% dos espectadores que pagaram ingressos nas salas do país no ano passado escolheram ver um título brasileiro.

Em relação a 2007, a queda de público do filme nacional foi de 15,5% — os longas brasileiros atraíram 8,7 milhões de espectadores em 2008, contra 10,3 milhões, no ano anterior.

No entanto, enquanto a bilheteria oficial afundava, em cem cidades do interior paulista, filmes brasileiros foram vistos por 1,9 milhão de espectadores. De graça.

Quem pagou o ingresso desse público (a R$ 3 cada um) foi a Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, por meio do programa “Vá ao Cinema”.

Leia mais clicando aqui.

~ por Tommy Beresford em janeiro, 13 2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: