Um Homem Multifacetado

Do Terra (foto de Autumn Sonnichsen/ Revista Trip):

O ator Milhem Cortaz fez sucesso como o Peixeira, de Carandiru, mas estourou com o “Zero Dois”, de Tropa de Elite. Destaque da mais recente edição da revista TPM, o ator fala à revista sobre a carreira e sua auto-estima.

Com mais de 30 longas e participações em quatro novelas, Milhem Cortaz está em sete novos filmes, que serão lançados até o ano que vem: Nome Próprio, de Murilo Salles, Nossa Vida não Cabe num Opala, de Reinaldo Pinheiro, Encarnação do Demônio, de José Mojica Marins, Meu Mundo em Perigo e Se Nada Mais Der Certo, de José Eduardo Belmonte, Plastic City, do diretor chinês Yu Lik-Wai, e Augustas, de Francisco César Filho.

“É muito difícil falar de mim, tenho medo de ser arrogante. Sinceramente, eu me acho muito f… risos”, afirma o ator, que diz não ter preconceitos e estar de bem com o próprio corpo.

“Eu sou um puta cara charmoso. Sou grande, tenho voz grossa, corpo bonito, nariz imperfeito, um olhar diferente”, afirma.

“Eu tenho um lado feminino forte que escondo. Às vezes me pego pensando em coisas que só mulher pensa. Por exemplo, sou capaz de beijar um amigo no rosto, botar no colo e fazer cafuné. De dormir abraçadinho. E ao mesmo tempo eu vim com uma energia de touro, muito forte. Não sou preconceituoso com nada. Uso saia”, completa Cortaz, que se destacou no teatro ao interpretar um travesti na peça O Melhor do Homem, de Ulysses Cruz.

A matéria pode ser encontrada aqui.

~ por Tommy Beresford em julho, 14 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: